segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Começo - quase - perfeito de 2011

Eu não podia imaginar um começo tão interessante para 2011.


-- Antes de mais nada, sei que estou meio que negligenciando algumas pessoas... Sorry! Irei escrever mais sobre isso depois! --

Eu tinha planos de voltar pra mega putaria em 2011. A idéia preliminar é pegar alguém para adestramento ou swing, apesar de ainda não ter como determinar qual caminho irei seguir.

No primeiro dia do ano troquei uns msn com a Sandra que queria conversar. Marcamos de sair para comer lá pelas 20h. Eu a peguei em casa, quase que pontualmente, e fomos pruma lanchonete na Ceilândia - que é claro, estava fechada. Fomos para uma segunda, em Taguatinga - também fechada. Acabamos parando na porra de um Giraffas mesmo.

Comemos, conversamos e decidi ir pra minha casa. Vou forçar um climinha pruma rapidinha. Essa foi minha intenção porque eu achei que a dona não seria lá essas coisas.

Já em casa, continuamos nossa conversa no meu quarto, ela sentanda na minha cama e eu sentado numa cadeira... Sabe? Pra dar aquela de bom moço? Papinho pra lá, papinho pra cá... e logo, logo senti que ia rolar.

Trouxe meu óleos e algumas camisinhas e fui pegando seu corpo e a conduzindo para a sacanagem. E ponto positivo pra dona! Essa sabe falar. Falar putaria durante o sexo algo que não escuto muito, o que é uma pena.

Particularmente nesse dia eu estava muito altruista e fui "cuidar" dela. Fui tirando sua roupa devagar, beijando e lambendo tudo pelo caminho. Fiquei um bom tempos em seus seios pequenos, antes de tirar sua calcinha - que aliás... PQP! calcinha coloridinha de criança, saca? Eu não mereço. Dei um desconto e joguei a peça prum canto qualquer e fui chupá-la.

Acho que a dona não imaginava ganhar tal presente de ano novo. Foi moleza fazê-la gemer, se contorcer e estremecer com minha língua. Seria muita falta?

Depois foi a vez dela retribuir minha chupada. Infelizmente a dela não era tão interessante assim, apesar de ser cuidadosa... Mas preferi parar logo pra eu não ficar puta com um boquete ruim.

Fui meter. Já estava na hora. E porra, a primeira metida foi complicado. A dona parecia virgem... Claro que não era, mas... foi foda entrar nela. Tive ajuda do meu óleo e com muita paciência, depois de alguns minutos(!) ela já estava à vontade. Depois ela disse que estava a 3 anos sem sexo!! Porra. 3 anos??

Enfim. Ficamos trocando de posição por um bom tempo. Nossa foda foi até boa. Pra falar a verdade foi duradoura, mas apenas mediana. Legal para começar o ano bem, mas não imagino a tal Sandra aparecer muito por aqui.

Novamente, consegui transar sem gozar. Contudo, por ter durado cerca de 3 horas, senti uma dor FDP depois. Algo tipo uma cólica forte pacas. Passou depois de algumas horas, mas dessa vez achei incomum a tal dor. Até vou ao médico para ver esse caso, e se for algo significante eu conto aqui.

Resumindo. Sandra, dona nova, até interessante, mas não muito. Vale para umazinha eventual, sem lá muita graça, mas tá valendo. Não foi perfeito, mas foi quase.

Abração e que 2011 traga boas aventuras para nós todos.
Textos relacionados com suas imagens