quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

É dia de feira!

Oies!


Religiosamente 1 vez por semana frequento uma feira aqui da cidade.

E há algum tempo reparei num moço da tal feira.

Acontece que ele não comercializa nenhum gênero alimentício o que nunca me fez passar no seu box. Mas ele chamava minha atenção e eu constantemente o encarava.

Em uma dessas idas e vindas ele deve ter percebido meu interesse e passou a corresponder meu olhar.

Estabelecemos assim um contato silencioso, uma comunicação à ditância.

Ficamos nisso por muito tempo pq quase sempre estou com um 'empata-foda', o que não permitia uma aproximação direta.

Como não aguentava mais essa situação, simplesmente num dia diferente da semana, apareci na feira.

Dei umas voltas e nada de conseguir ver o objeto do meu desejo. Quando de repente, ele se aproxima por um corredor logo atrás de onde eu estava.

Me assustei e falei que era ele quem eu estava procurando. Nos apresentamos e ficamos ali conversando com ele basicamente colado à mim.

Benício
, seu nome, moreno, alto e perguntou o motivo pelo qual eu estava lá.

Da minha parte muita curiosidade de saber o que me atrai nele. Trocamos telefone e estamos nos contatos pra ver se acontece alguma coisa.

Se rolar conto aqui como foi!

Bjos!

2 comentários:

Fellipe disse...

É acho que essa religiosidade vai ter um aumento de frequencia, hehehehehhe.

E porque não rolou nada na feira? Isso pode render um bom texto.

Um forte abraço a todos.

CACO disse...

Ola Samantha foi um prazer reve-la fiquei muito feliz tava ja com saudades dos texto e claro de voce .....

um feliz 2011

Postar um comentário

Textos relacionados com suas imagens