segunda-feira, 22 de novembro de 2010

E o leitor virou parceiro... (Finalmente)

Ois!


Depois que escrevi o post sobre voltar a escrever no blog, reativei contato com o Fellipe e liguei para ele vir até Taguá p/ uma rapidinha!

Ele concordou e nos encontramos no pistão sul, fomos direto pra casa do Bruno.

Minha urgência de sexo com ele era tão grande que o puxei pela mão direto para o quarto.

Enquanto subíamos ele falava da falta de camisinha. No quarto do Bruno, acho que não havia nenhuma mesmo e saímos pra comprar.

Antes, porém peguei a mão dele e fiz com que deslizasse sob meu vestido. Pra me redimir da roupa do nosso último encontro fui com um vestidinho e... só!

Quando voltamos ainda estávamos comentando sobre o detalhe do vestido. Nos beijamos na sala e subimos pro quarto novamente.

Eu fiquei sentada olhando o ritual dele tirar a roupa. Então ele veio na minha direção, me beijou, ajoelhou na minha frente e eu percorri seu corpo com minha mão até alcançar seu pau duro, puxei um pouco sua cueca e comecei a chupar. Delícia!

O Fe tem 1,70+/-, malhado, cara de menino, aliás um menino. E um tesão. Um pau delicioso! 3G.

Depois ele se livrou do resto da roupa e tirou meu vestido. Me empurrou na cama e me chupou. Pausa dramática para ele colocar a camisinha e ele falou q não curtia mt, opinião q divido com ele, mas é um mal necessário.

Então ele ele veio por cima de mim e meteu gostoso. Arrancando gemidos q há mt eu não dava.

Ficamos um tempo assim e ele confessou cansaço em função do ritmo de trabalho. Tudo o que eu queria é que ele sentisse prazer e pedi pra ele gozar. Foi intenso.

Conversamos um pouco, nossas mãos percorrendo nossos corpos e eu fui chupá-lo novamente. Ele perguntou o que eu queria e eu deleguei parte da função p/ele.

Com ele no controle eu estaria fudida literalmente. Então eu aceitava ou não as sugestões dele. Recusei o lado B por pouca preparação p/ o encontro.

Fiquei de 4 pra ele e ele me dava tapas na bunda, aquilo me deixava, ainda mais louca.

Fiquei por cima e ele passava a mão na minha bucetinha alisando meu clitóris. Depois me encaixei nele e rebolava alucinadamente até conseguir fazê-lo gozar.

PS 1: Os fatos que levaram a este post levaram mais de 1 ano, mas valeram cada minuto. Obrigada Fellipe, por não desistir de nós! rs

PS 2: Ele teve contratempos ao me encontrar e Fellipe desculpe por qualquer coisa. Bjos!

4 comentários:

Bruno disse...

Até que enfim, vcs se resolveram. Nem foi tão difícil assim, né? Essa saída já era pra ter acontecido faz tempo.

E a propósito. As camisinhas - inclusive as que vocês deixaram sobrando - estão no armário!

Samantha disse...

Mas eu achei que seria um abuso: usar a casa e as camisinhas tb! kkkkkk

Fellipe disse...

Kkkkkkkkkkkkkkkkk, essa saída rende muita conversa a respeito da demora, do cansaço, dos comentários feitos antes, durante e depois, tem muita coisa a ser dita e não dei prioridade para que isso fosse feito. Aliás, pronto ligação feita.
Abro um parênteses para o cansaço: Sam na próxima vamos para o motel, ok!? Há várias coisas que gostaria de ter feito e tivemos que adiar, realmente fui para não perder a oprtunidade que tive contigo.
E lógico, aqui posso comentar a cerca da sua boca e de seu bumbum? Não preciso dizer que adorei a chupada, né!? Quanto a bunda..... hummmmmm, vê-la de quatro me fez gozar rapido, hein!? Hehehehehehehe, beijos. Adorei!!!!
Finalizando, foi tudo muito engraçado, diferente, me dá um tesão só de lembrar o que fizemos e vontade repetir a dose não falta!

E Bruno, obrigado por ceder o espaço. Foi estranho e divertido estar por lá.

Um forte abraço a todos.

Lorinho disse...

Sam, meu msn: fs-tal@bol.com.br.

Vamos trocar a idéia que vimos flertando há tempos! rs....

Bjo.

Postar um comentário

Textos relacionados com suas imagens