quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Essa foi uma tragicomédia

Ooopa!

Fui pra balada ontem. No claro e único intuito de dar uns pegas.


Claro que eu tinha algum critério. Mas admito que, pelo menos ontem, ele estava bem questionável.

Enfim, fui pro Gate's Pub, que sempre me trás boas recordações e eventualmente, boas aventuras. Cheguei perto das 23h e ainda consegui pagar só 10 pilas de entrada (depois das 23 passa pra 15 mangos) e já pedi uma Smirnoffzinha pra começar.

Tava tocando o último Jazz qdo entrei, mas rapidinho a eletrônica passou a bombar. O Gates não tava muito cheio, provavelmente pelo frio, mas tamos ae.

Dos poucos sentados, tinha um casalzinho no canto. Eles discutiam, sem gritar, mas com uma cara amarrada de dar dó. Nem quis saber, mas fitei os olhos da dona. E ela me viu. Porra! Minha garrafinha ainda na metade e eu já buscando confusão!

Confusão é o meu nome do meio! Huahuahua!

E nessas horas, a sabedoria manda ir pra perto da porta de saída ou do banheiro... Fiquei de olho, como um animal durante a caça, com os sentidos super ligados, fitando a presa, sentindo o cheiro, esperando o momento do bote.

Passou um tempinho e a dona foi saindo, sem o cara - que não tava mais à vista. Perguntei, quase sem pretensões, se estava tudo bem. Ela disse que sim, mas tava na cara que não.

Insisti, perguntando se ela queria beber alguma coisa, só pra não deixar a oportunidade o papo morrer. E veio a melhor resposta genérica do ano. Ela riu, disse que minha cantada estava horrível, mas que tudo o que era mais queria agora era colo, e que eu era o seu tipo... Concurso pro pior xaveco?

Conversamos qq coisa, bebemos umas heinekens - que eu não curto, mas era a preferência dela - e vazamos dali, porque a dona tinha acabado de tomar um fora sem noção e o mudar o ambiente cairia bem. Pegamos um taxi (se beber, não dirija) e fui deixá-la em casa. Mas ai veio aquele papinho: Não quer subir e beber alguma coisa?

Lugar legal, sentamos na sala mesmo. Ela trouxe um vinho... Tava fudido. Smirnoff + cerva + vinho? Isso derruba qualquer cristão. Só faltou suco de maracuja pra lascar tudo mesmo.

Bebemos um pouco, conversamos pouco. Mas a carência da dona juntamente com o álcool que ela já tinha consumido e meu tesão no automático; já viu, né?

Eu até tava me segurando pra não ser o maior de todos os FDPs, me aproveitando da dona e tal. Mas ela me beijou primeiro...

Do beijo, não tirei minha boca do contato com seu corpo. Beijei, lambi, chupei e mordisquei o que aparecia pela frente. Quanto mais eu descia, mais ela gemia e me dava gás pra putaria.

A cidadã já estava só de calcinha, qdo ela decide me levar pro quarto. Pedi para não ir, mas acho que ela nem me ouviu. Ainda bem!

Mas como sempre tem que ter um senão, ela me liga o som, coloca a música da vida dela: Angel da Sarah McLachlan (aposto o que vcs quiserem que era o tema do ex-casalzinho!). Ela me olha com ternura (ai, ai, ai) e me abraça... PQP. Fudeu geral.

Transamos em slow motion. Sendo eu, uma mera silhueta do recém-ex-namoradinho (ou qq coisa do gênero)... Ela disse que adorou, mas de verdade? Foi uma merda.

A dona me olhava e via o outro! Eu querendo sex for fun, e a dona com sofreguidão???

Sai de lá quase que correndo. E olha que a dona é cheirosa e boa-pinta.

E sabem do pior? O pior é que eu hoje já ouvi essa musiquinha (tema do filme Cidade dos Anjos) umas 10 vezes...

O que um homem não faz por uma foda?

Psico 14

Dei uma saída pra balada ontem e tive a sorte de clicar as 2 gatas que curtiam uma certa bebida.


E ae? Vc consegue identificar a tal bebida?
--- sem dicas, dessa vez, hein? ---

a) Fanta Uva;
b) Cuba-libre;
c) Whisky Black Label;
d) Smirnoff Ice;

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Trânsito


Paquerar no trânsito é sempre muito bom! O Bruno é um adepto deste tipo de paquera e eu também!

Hoje, me aconteceu algo não tão inédito, mas foi bom: Estava dirigindo tranquilamente, cantando, qdo passou um carinha e falou alguma coisa.

Pensei que fosse porta aberta, pneu furado como geralmente acontece, mas o cara (que depois vir a saber que se chamava Caco) tava me cantando.

Me amarrei! Nem tava pensando em sacanagem, nem rolo, mas aquele cara me fez ter a maior vontade de beijar na boca.

Legal que ele deu a maior cantada e foi embora. Eu fui atrás. Paramos em 2 sinais e começamos a conversar e ele sempre se despedia.

Pensei: não vou conseguir nem o telefone dele. Putz!

Paramos no último semáforo e finalmente ele perguntou como faria pra conversar comigo de novo.

Eu já havia anotado meu telefone e joguei o papel pela janela dele. Nem preciso falar que aconteceu um buzinaço logo atrás.

Conversamos e amanhã eu mato essa vontade do beijo na boca!

Num vai subir ninguém

Ae moçada

Agorinha recebi uma ligação da Cap. Nascimento.


Foi muito legal o nosso papo. Papinho de sempre, aliás. Só que com uma novidade. Ela e o coroa do namoradinho dela "deram um tempo". E dai ela lembrou que eu existo!

Mas como eu não sou de fazer doce, marcamos de pegar um cineminha ainda nesta semana. O que sugere outros passos vindo a seguir.

Vai ser legal retomar alguma coisa, até porque ela tem suas qualidades, ainda que suas limitações me incomodem... Nada de mais agressive com a Cap.

Enfim, vou dar uma nova chance torcendo que a putaria suba de nível. Vai que ela esteja de bom humor, hein?

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Viva sempre...

Há pouco tempo, eu aprendi que sexo e afeto nem sempre andam juntos. (Até q enfim!)

Aliás, isto para o homem é comum. Desde muito cedo eles são orientados e incentivados ao sexo.

E que quando gostarem de alguém a transa vai ser ainda melhor.
Mas para mulheres desassociar isto é foda!

O Bruno já argumentou muito sobre o assunto comigo:
Que qdo crianças nos dizem que alguém certo, tipo príncipe encantado vai aparecer.

Idealizamos isto. Acho que o Bruno é uma mulher com pinto: Ele tem visão feminina das coisas.

Conversando com a Elisa, fiquei sabendo que ela pensa assim tb.
E que fica preocupada com o lance do sexo por sexo pq pode ficar faltando o carinho, a conversa, cumplicidade.

Ela tava ficando com um carinha e só pq ela comentou que ia ou talvez fosse rolar eles + uma menina e não definiu qdo o cara deu sinais evidentes de pressão, o que ela não gostou.

A Elisa se apegou ao fdp e é natural que ocorra o apego, acontece.

E apesar dela não achar, eu penso que ela é um a mulher bem resolvida. Olha só o comentário que ela fez pro tal carinha: "pq eu tb vou querer pegar a menina".

"A atitude das mulheres sobre sexo já mudou faz tempo e garotas fazem sexo por sexo com amigos, desconhecidos, namorados, whoever".

"A gente adora sexo, assim como os homens, e muitas vezes é só o que queremos. Por isso vamos embora logo em seguida e por isso não esperamos ligação no dia seguinte".

Hoje minha visão é esta.

"Sexualidade não é apenas satisfação dos sentidos, ou a realização de um sonho romântico, mas uma forma de comunicação..."

Li isto num livro, Falou e disse!

Olhem só o caso de uma amiga minha. A última coisa que ela fez (na vida) foi dar uma, antes de entrar em coma e falecer uma semana depois.

Isto é que é morrer com estilo. Caralho!

“Curta a vida e pratique o caos – afinal, só se tem uma vida e o mundo, definitivamente, não está em ordem”.

...aproveite o momento!!

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Próxima terça

Eae?

Eu, de vez em sempre, aviso alguns eventos do Paraíso.


...e como já tem um tempinho que não apareço, estive dando uma olhada na programação, e estou com idéia de dar um pulo lá na próxima terça, dia 25/8.

Está previsto a Liberty Night, e de interessante um show explícito do trio Thainara, Thainá e He-man. Os valores são convidativos!

A Sam sempre me cobra pra ir lá. Pode ser uma boa pra ela conhecer...

Particularmente, e se tudo der certo, devo chamar a Nick. Ela está sumida, e a ocasião seria um retorno de primeira.

Se vc curte putaria (...e quem não curte?), e quer ver ou experimentar uma aventura com alguém mais que sua(eu) parceira(o), taí uma boa oportunidade.

Programem-se!

Psico 13

Um conhecido me pediu para ajudá-lo a distribuir seu currículo na tentativa de conseguir uma vaga no mercado de trabalho.


Você consegue acertar qual é a profissão dele?

a) Escritor teatral;
b) Cabelereiro;
c) Professor primário;
d) Salva-vidas.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Pensativo

Eae galera.

Estou uns dias sem escrever... foi mal.

Acontece que dentre minhas atividades, não tem sobrado tempo pra putaria. O que é uma merda. Ainda assim, tenho procurado por ação, mas nem todo dia é do caçador.

Na sexta passada, reencontrei com uma ex. Essa ex, a Luciana, é bem interessante e manda bem na cama. Só que nosso papo não foi pra frente e desanimei.

Tive um puro palpite de que ela não está bem. Pode ser falta de uma boa pegada. Também pode ser por conta de nossa história que não é tão curta assim. Em todo o caso acho que ela não deve estar passando por uma boa fase...

Pra mim, ela me pareceu deveras sem foco. Pelo menos em relação à minha pessoa. Se me queria como amigo ou ir pra cama de cara. Ficar em cima do muro nessa questão é foda. Parece que ela não se curte mais e é justamente esse o meu interesse nela agora. Eu quero ver o que houve. E se a dona tem solução.

Nada aconteceu no sábado e domingo. Não tive tempo nem cabeça pra nada.

E com nada importante pra fazer, pensei muito e em diversas coisas da minha vida. E uma delas, que julgo importante é sobre o álcool.

Eu estou bebendo além da conta, mesmo que eu nunca tenha passado dos limites, o que nem eu mesmo acredito. Tá na hora de dar uma maneirada. Vodka é uma beleza mas não posso perder o controle. Então é melhor aliviar um pouco.

Em contrapartida, tenho tido alguns contatos interessantes. Inclusive alguns fora de Brasília. Pena que no momento não estou podendo sair viajando por ai. Já se foi o tempo das vacas gordas!

...caramba! Mas que papinho esse o meu.

Ainda nessa semana quero sair com a Nick. Temos muuuito o que conversar pra colocar o papo em dia.

Melhor ainda. Nick e Sam. Vamos fazer algo a 3?

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Elisa e Sérgio

Oi galera!

Nesse começo de semana uma grata surpresa, encontrei dois amigos das antigas. Não foi bem um reencontro, porque nos esbarramos às vezes.

Mas hoje tivemos mais tempo pra conversar e descobrirmos nossas afinidades pela busca do prazer. Eles sempre foram muito reservados, inclusive eu, mas hoje surgiu um assunto em comum e comentei sobre o blog.

Eles são bem bonitos: a Elisa é morena clara, corpinho de menina e rostinho de uma bonequinha.

O Sérgio é um rapaz muito bonito, tipo mauricinho, mas em constante busca por conhecimento e prazer...

Nosso papo foi muito bom, a Elisa tava me contando um lance dela com um ficante, que falava em namoro e levou a relação pro lado somente do sexo.

Há tempos venho tentando convencer a Elisa, a conhecer o Bruno, mas ela dizia que não era o estilo dela e tals; depois que falei do blog acho que a curiosidade dela vai falar mais alto.

Então, estamos combinando alguma coisa nesta área de putaria, algo como duas a um, entre outras variantes!

Como ela vai acessar o blog hoje à noite, boa leitura! E sejam bem vindos!

domingo, 16 de agosto de 2009

Puta(ria) com o Lúcio

Olá, Galera!!!


Tive que colocar alguns projetos do trabalho em dia, por isso a ausência. Sorry! E nesta correria me liga um outro sumido também: o Lúcio.

Conversamos um pouco e ele me disse que ia viajar, então marcamos pra nos encontrarmos no dia seguinte.

Fazia um tempinho que eu não o via, desde o rolo com a Pimenta, outra que vazou do blog!

Fizemos o mesmo esquema, larguei meu carro em um estacionamento e direto pro motel playtime. No caminho, papinho furado eu me fiz de bravinha ainda só pra rolar o clima que eu queria no quarto.

Então qdo chegamos, subimos a escada e eu já fui tirando minha câmera de dentro da bolsa.

Larguei minha bolsa num canto qualquer e o beijei. Depois disse:
- É uma puta que vc quer, é uma puta que vc vai ter. rs

E coloquei a digital em modo de filmagem na bancada da cama.

Ele riu e foi tirando a roupa. Eu fiz o mesmo. Nos beijamos na cama e ele disse alguma coisa que nem me lembro agora.

Eu sentei na mesma bancada da máquina (que faz tipo um degrau com a cama) e falei:
- Cala a boca e me chupa!

Fui prontamente atendida, eu ia dar as ordens nessa transa!

Depois o empurrei de leve e depois que ele colocou a camisinha, ficou por cima de mim. Como eu tava com um puta tesão, pedi uns tapas.

Blz, já tava bom, fui pra cima dele e segurei as mãos dele (não que eu tenha essa força toda, mas ele entrou no clima).

Rebolava alternando o ritmo, como gosto de fazer, e perguntava pra ele:
-Vc foi atrás daquela putinha, foi?
-Eu sou sua putinha, sou?
-Gostou daquela vagabunda?

Isso me deixou no maior frisson e depois ele quando eu comecei a gemer e perguntar:
- Vai comer meu cuzinho, vai?

Caralho, foi massa, gozei muito e ele se segurou pra só gozar no meu cuzinho! Depois disso vimos a filmagem e deletei!

Preciso ficar puta com ele mais vezes!!!

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Basta reclamar

Eae moçada.

É garantido. Eu reclamo da falta de putaria no blog e na mesma semana o volume cresce. Literalmente.

Ontem, eu precisei ficar até bem mais tarde no trabalho. Mas aconteceu que à tarde a sumida Fernanda me deu um oi por email. Dai, papo vai, papo vem, e eu pedi uma carona por horário que eu iria sair e ela ficou de me busca lás pelas 20h.

Massa! Ela chegou ligeiramente atrasada, mas blz. Sem saber pra onde ir, eu pedi pra dirigir e fomos "passear".

Cai direto pro parque da cidade. Na verdade, inicialmente, eu não estava pensando numa trepadinha, mas sim em encontrar outro casal pensando / fazendo alguma putaria. Até vimos um, mas eles estavam mais pra namoradinhos do que pra sacanagem.

E como nosso passeio de carro já tava enrolando demais a Fê já mandou a gente ir pro Fantasy (que é meio trash mas pelo menos é limpinho). Fomos!

Chegando lá, já fomos matando a a saudade.

Mandei ela tirasse minha roupa. E já fomos curtindo dai. Eu a peguei de jeito e dei roçadas enquanto tirava sua roupa... Depois lambi e chupei sua buceta depilada com gosto. E a comu no maldito papai-mamãe que ela tanto gosta.

Peguei-a por trás, de lado e bombei do jeito que quis. Mandando depressa e quando seu tesão tava no máximo eu diminuia o ritmo pra que ela voltasse sua atenção pra mim. Ela fica meio puta, mas gosta.

E durante a ação a dona me perguntou se hoje eu iria gozar em sua boca. Vcs não sabem como é bom. Só que se a dona me acostuma mal, depois tem que aguentar!!! Mesma coisa pra qdo uma ou outra pede pra dar tapa ou pegar mais pesado...

Mas na hora isso meu deu um tesão maluco. Cuspi na sua xaninha e voltei a meter com força. Agora eu tava preocupado com o meu tesão. Se é porra que ela quer, tamos ae. Quando eu já não me aguentava mais, fiquei de pé e perguntei se ela queria mesmo. Ela fez cara da sacana e caiu de boca. Urrei pra todo o motel ouvir. Motel tá ai pra isso. E gozei até ficar com a perna bamba.

Fui pro chuveiro e tomei um banho. Pra me limpar e voltar à calmaria. Fechei a conta depois de pouco mais de uma hora e saímos, e ela me deixou no metrô. Passei numa lanchonete para comer alguma coisa, pq a fome tava demais.

Nisso a Kátia me liga com aquele papinho: Onde vc está? Tá fazendo o que? Tem planos pra mais tarde (isso já pra quase meia-noite).

Só que isso é já assunto pro próximo texto.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Semana dos bolos!

Ae,

Blog paradão... que merda, hein?

Mas acontece que nos últimos dias tenho tomados uns bolos. Quando eu marco a dona fura. Dai ela marca pra ela mesmo desmarcar depois.

PQP! Quer me deixar puto é furar comigo.

Fora que tem um tempo que a Nick não escreve, por conta da conclusão da facu. E a Sam deve estar de pá virada depois do casório do Douglas.

Bora meninas. Peito pra frente e bunda pra trás, pra canetar depois aki.

Logo mais à noite, vou dar uma saida. Beber alguma coisa, ver gente, e quem sabe... putaria!

domingo, 9 de agosto de 2009

Que FDS paradão

Eae?

Olha só que merda... Esse FDS tá foda!


Eu aki, na maior pilha de fazer alguma putaria, e nada deu certo.

Não consegui falar com a Nick. Eu até tinha planos para a quinta à noite, mas liguei uns 10min depois dela sair do trabalho. Desencontramos.

Na sexta eu tinha compromissos e meus horários estavam uma merda. Acabei saindo com a Kátia. Mas puta merda. Teria sido melhor ter ficado em casa vendo TV. No meio da foda a FDP disse alguma merda que me tirou do sério... Porra! No meio da transa!

Sabadão prometia. Eu tava pensando em curtir o solzão que rolou ontem. Sai pra fazer umas compras e adivinha quem eu encontro? A Graça. Engraçado que eu escrevi aki na semana passada que fiquei com vontade de comer a dona. Mas pensei com a cabeça de cima, a cumprimentei, conversamos qq coisa e vazei. O encontro acabou me desanimando.

Enfim, o domingão tá ai. Acho que vou sair pra almoçar fora e depois dar um rolé. Quem sabe eu ligo em alguém pra tentar alguma coisa. A Cap. Nascimento cairia bem... Aliás, tenho é que refrescar a cabeça e ir à luta por algo diferente.

Então vou ali. E conforme for, volto mais tarde pra contar o que rolou.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Psico 12

Propaganda é a alma do negócio, já diz o ditado.


Vc consegue identificar a bebida anunciante na imagem acima?

a) Sim, é a Brahma.
b) Sim. Acho que é de alguma cerveja...
c) Hummm. Não é algo relacionado ao Surf.
d) Não. Não vejo nenhuma anunciante.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

A tal ninfeta

Oie

Continuando como prometido, chegou a vez de falar da tal ninfeta.

A dona é a Laura. Ela tem 19 anos, tem cerca de 1,60m e uns 50kgs. Ela é muito gostosa ainda mais com esse rostinho de adolescente.

Ela faz bem o perfil de piriguete, como eu a chamo às vezes. Suas fotos no orkut, que infelizmente não posso colocar aki (sigilo é fundamental), confirmam.

Perdeu a virgindade há poucas semanas, mas óbvio, ainda tem muito a aprender. E justamente por eu ter descoberto isso comecei a ficar com um desejo desenfreado na dona. Ela me dá um tesão escroto!

Ela trabalha comigo e com a Fernanda. E com certeza ela faz o estilo da Nick que também curte muito uma ninfeta.

Não acredito que vou pegá-la. Pelo menos não a curto prazo. Pegar alguém do trabalho é muito foda (lembram da regra 4?), duas então...!

Tenho me contido em não dar muito na cara. Mas dia desses fui deixá-la em casa, numa carona inocente, e falei mais do que devia, apesar de não ter entregado o ouro.

Adestrar essa daki seria tudo de bom. Inclusive, se isso acontecer, a Nick e a Fê podem ser inseridas numa putaria com ela.

Enfim, não garanto não dar em cima desta ninfeta. Eu realmente ainda não decidi se vale a pena.

Mas que seria bom demais, isso seria!

Ensinando uma virgem

Eae pessoas.
 
Apresento agora o que penso ser o mundo ideal, ou quase, de como comer uma virgem.
 
E já vou chocar todo mundo. Eu nunca sai com uma virgem! Sério mesmo. Não curto uma mulher inexperiente.
 
Porra. Mas se o FDP nunca pegou uma, como poder querer meter banca?
 
Já sai com algumas, mas quando descubro o cabaço, prefiro não comer, justamente por achar que essas marinheiras de primeira viagem não sabem como o sexo pode ser prazeiroso, mesmo na primeira vez.
 
Enfim, vamos ao meu guia, que elaborei quando peguei uma dona de bem pouca experiência, mas não virgem, há bastante tempo atrás...
 
Se o cara e a dona forem realmente virgens e sem nenhuma experiência sexual, parem de ler esse texto! Descubram por tentativa e erro, que também é muito legal.
 
Pras mulheres com nenhuma ou pouca experiência que chegarem a esse texto, cuidado especial. Há algunas variáveis que devem ser observadas para o bom andamento da sua primeira vez.
 
O que escrevo a seguir é para os caras com experiência. A idade não importa aki. Se vc é descolado sexualmente, blz.
 
Então, nesse cenário, temos um cara mais experiente e uma mulher sem experiência.
 
Sugiro que essa aventura seja realizada em alguns dias. Sim, nada de foda apressada. Calma e planejamento aki são os pontos chaves.
 
Quanto ao local é importante ser um lugar tranquilo e aconchegante. Se vcs puderem viajar juntos pra Bariloche, excelente. Mas uma boa suite de motel também serve, é claro.
 
Dia 1 - Conforto
O primeiro dia é o dia de vcs dois curtirem os amassos, mas sem tirar a roupa. Uma virgem indo a um motel já é uma aventura. Escolha uma suíte decente. Nada de economizar agora. Mostre o lugar sem pressa. Comam e/ou bebam alguma coisa, assistam um filme (pornô, não!).
 
A ordem é que vcs se curtam. Beijos, abraços, carinhos, cheiros, mordiscadas, etc. Use a imaginação, mas como se fosse um namoro apaixonado. Mesmo que não exista a paixão, o que é uma lástima. É nesse dia que o cara prepara o clima para o que estar por vir. Se o desejo aparecer, se controle.
 
Neste dia, acredito que vcs fiquem por volta de 1 ou 2 horas. Claro que poderia ser mais tempo, só que ai vai ficando mais foda não ir pro sexo. E ainda há muito o que fazer.
 
Dia 2 - Intimidade e Nudez
Particularmente, acho o segundo dia o mais complicado para ela.
 
Dessa vez, está na hora de ensinar intimidade, o que é extremamente difícil. Leve o tempo que precisar... Aliás, seja mais lento do que o normal. A dona precisa estar completamente à vontade para evitar uma experiência traumática. O que arruinará a vida sexual dela por muuuuito tempo. Menininhas recatadas são um charme, mas as medrosas são uma merda. Lembre-se disso.
 
Claro que criar intimidade é muito subjetivo. Mas acho que o ponto ideal é a nudez. Nesse dia ela deve aprender a tirar a própria roupa, a ficar de lingerie, a ficar à vontade nua. Também é importante que ela aprenda a tirar a sua roupa.
 
Se ela jantar com vc de lingerie, e conseguir ficar deitada, nua, com a luz acessa sem querer desaparecer é um ótimo sinal. Note que isso é bem díficil. Se for o caso, divida esse dia em 2.
 
Dia 3 - Sacanagem
Uma vez ultrapassado ao dia 2, está na hora de avançar o sinal. Ainda não é o dia do sexo, mas já há o que fazer. Está na hora de conhecer anatomia. A dela e dos homens. Ela ver a si própria nu não é se conhecer. Ver o parceiro nu, idem.
 
Então, está na hora de aprender onde é bom tocar e ser tocada. No corpo dela e no do parceiro. Já considero uma boa hora pra masturbação dela. E aki tem espaço pra muita coisa... Ela se masturbar, vc a masturbar. Vc se masturbar para ela ver e ela o masturbar. Preciso falar o quanto esse dia pode ser agradável, mesmo sem penetração?
 
Conforme o caso, pode ser aplicável falar sobre higiene, fluídos, proteção (camisinha) e métodos contraceptivos. Seja objetivo para não perder o foco.
 
Se vc se controla e conforme a moça, vc também pode avançar pro sexo oral. Comece sempre por ela. Chupe-a com gosto. Abuse de variações. Sorvete, chocolate, chantili, bebidas alcoólicas - se for o caso - frutas, mel, etc. Vc deve encorajá-la a descrever as sensações dela até porque vc precisa fazer o que ela gosta. E se ela só ficar gemendo, nem vc nem ela vão saber o que é melhor pro gosto dela. Ela não precisa gozar, mas se vc conseguir é muito melhor. E chupe pra valer. Menos do que 20 minutos, mesmo se tiver pausas, nem conte. Somente depois dela satisfeita, vc pode pedir para que ela te chupe. Seja um guia. Ensine como vc gosta. Como, quando e em qual intensidade. Já no seu caso diminua o tempo mínimo para 10 minutos. Dê pausas se ela sentir dores no maxilar. Vc gozar ou não, e onde gozar deve ser conversado ANTES. Pegar a dona de surpresa não deve acontecer.
 
Repare que esse dia também é difícil. Mas o esforço vale a pena.
 
Dia 4 - É Hoje!!!
Enfim, hoje é o grande dia. Contudo, ainda antes do motel, é bom que vcs conversem antes de forma mais crítica sobre tudo o que aconteceu até então. Pode ser o caso de esperar. Se for, paciência. Relembre que o foco é nela e não em vc. Só então a putaria pode começar, isso se ela estiver inteiramente à vontade.
 
E se tudo estiver 100% como o previsto, agora sim está na hora da penetração. Mas nada de ir chegando e comendo. Novamente a calma e paciência se faz necessário. É hora de praticar tudo o que já foi feito nesses dias. Tire a roupa dela com máxima atenção e dedicação a cada parte do corpo dela. Beijos, carinhos, lambidas, olhares, mordiscadas, etc... são muito importante. Aliado com palavras doces e serenas, misturadas com outra sacanas e ousadas ajudam a deixá-la no clima.
 
Lembre-se das preliminares, principalmente nesta ocasião. Deixe-a com tesão, confortável e à vontade. Olhe nos olhos dela o tempo todo, salvo breves momentos que possam precisar da sua visão. A posição ideal para o ato é o tradicional papai-mamãe. Vá devagar, mesmo que o clima peça por algo mais vigoroso. Continue sem pressa.
 
Não se incomode com sangue. Ele pode ou não acontecer e a quantidade varia de mulher pra mulher. Independentemente disso, cuide da higiene dela após sua primeira vez com carinho. Tome um banho com ela e comemore com um bom champanhe ou algo igualmente especial.
 
Depois do dia 4
A primeira vez é um importante marco na vida sexual. Mas é só o começo. Ainda há muito o que viver e experimentar... Se couber a vc, mostre mais da sexualidade com honestidade e segurança. Ainda assim, nada de novidades agressivas antes de pelo menos 10 transas.
 
Se nós, homens, lembrassemos de pelo menos a metade das dicas que escrevi acima, com certeza nossa vida sexual seria melhor. Teríamos mulheres mais seguras, decidas, informadas e bem-comidas.
 
Garanto que evitaríamos um milhão de problemas que habitam constantemente nossa vida sexual.

Conforme o prometido

Eae.
 
Vim cumprir o que prometi ontem. Passei aki pra falar da tal virgenzinha que eu tô meio pilhado pra pegar.
 
Mas sei que esse texto vai dar pano pra manga. Assim, resolvi dividir o texto em 2.
 
O primeiro será um mais conceitual, sobre o que penso em sair com virgens!
 
E o segundo, vou falar um pouco dessa ninfeta - Nick, vc iria adorar essa aki - suas características, possibilidades e tudo o mais.
 
Enfim, deixa eu escrever porque daki a pouco tenho novidades.
 
Até!

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Fechando o dia

Opa!

Antes de fechar o dia, quero compartilhar umas paradas que pensei no loooongo dia de hoje, que ainda teima em não acabar.

Tô precisando sair com a Nick, caramba! Como é foda estar meio incompatível com os horários dela... E mesmo que não role nada, her..., hehehehe, até parece, já seria muito legal colocar o papo em dia.

Bateu uma saudade sexual escrota da Graça. Inclusive tinha sentido essa porra na semana passada. Se a FDP não tivesse aprontado uma tão grave, quem sabe.

No mais, tô ficando pilhado sobre pegar uma virgem! Sobre essa dai, tenho um monte de coisa a falar. Aliás, não dela propriamente dito, mas sobre as virgens. Falo delas amanhã.

Acho que tô precisando de uma maratona sexual... Muito volume, muita variedade, muita intensidade... Muito tudo.

Até porque, putaria nunca é demais.

Nova moda: Sexting

Eae moçada.

 
Tem uma nova moda rolando por ai que talvez vc ainda não tenha ouvido falar. É o tal do sexting.
 
Essa prática, que acredita-se tendo originado na Inglaterra e que está cada vez mais popular aki no Brasil, consiste na troca de fotos íntimas principalmente via celular.
 
Como se sabe, por aki, o celular é muito popular, inclusive entre crianças e adolescentes. Ainda mais com câmeras, bluetooth, usb e etc...
 
Dai, a mulecada - porque entre adultos, a prática já rola faz tempo, principalmente depois do email, vem pintando e bordando.
 
O perigo é que os adolescentes, ainda descobrindo a sexualidade, acabam acelerando o processo. Pior ainda, quando o grupinho "força" a troca de imagens íntima - ou pior!
 
Fica o alerta aos pais. Seus filhos podem estar brincando com isso!
 
Segue abaixo, notícia vinculado no Terra de hoje
 
Cada vez mais adolescentes britânicos vêm trocando fotos sexualmente explícitas via celular, o que os expõe a intimidação e agressões de seus colegas, alertaram ontem a polícia e uma organização assistencial que atende crianças.
 
A prática, conhecida como "sexting", também resultou na difusão de imagens íntimas de menores de idade em sites utilizados por pedófilos, sem que os remetentes das fotos soubessem disso, de acordo com o Child Exploitation and Online Protection Center (CEOP), do Reino Unido.
 
"Estamos recebendo cada vez mais denúncias do público, tanto vindas de pais quanto de filhos preocupados com esse tipo de situação", disse Helena Penn, diretora de educação do CEOP, uma agência de fiscalização e repressão conectada à polícia britânica.
 
"Temos cada vez mais crianças produzindo imagens sexuais delas mesmas, e com isso vemos o desenvolvimento normal da curiosidade sexual das crianças se traduzindo em propriedade pública", disse Penn à Reuters.
 
Ela afirmou que os avanços na tecnologia dos celulares, entre os quais o Bluetooth, e a capacidade de publicar fotos ou vídeos na Internet com o apertar de um botão estão tornando a prática mais comum, e que as consequências eram difíceis de prever.
 
"Caso um relacionamento se rompa ou alguém encontre o celular em questão, a imagem poderia terminar em um site, em um serviço de redes sociais como o Facebook ou sob o controle da pessoa errada, como já aconteceu em alguns casos, e assim cair em uma rede de pedofilia", afirmou Penn.
 
Uma pesquisa entre dois mil jovens divulgada na terça-feira pela Beatbullying, uma organização de assistência às crianças, constatou que mais de um terço das crianças e adolescentes entre 11 e 18 anos recebeu fotos ou mensagens de texto sexualmente explícitos.
 
A pesquisa constatou, igualmente, que 70 por cento das crianças sabiam quem lhes enviou essas mensagens.
 
Emma-Jane Cross, presidente-executiva da Beatbullying, afirmou que é importante que pais e escolas compreendam a ascensão do fenômeno, que é bem documentado nos Estados Unidos e Austrália, mas comparativamente desconhecido no Reino Unido.
 
As meninas estão especialmente vulneráveis, afirmou a organização, e há provas de que são pressionadas a tirar e distribuir fotos íntimas por seus namorados.

Despedida do Douglas

Ois!


Finalmente a uma semana do casório do Douglas, realizei a esperada despedida.

Aconteceu no Castle a pedido do noivo.

Contratei duas dançarinas, vestidas à caráter: gravatinha e calcinha preta! E o Douglas chamou dois amigos.

No início, nos apresentamos e ficamos assistindo ao showzinho das meninas. Elas dançavam e acariciavam-se entre elas e o noivo.

Fiquei de olho em um dos amigos do Douglas, o Heitor, que eu conhecia e já tinha dado uns beijos nele.

Alto, moreno claro e olhos verdes, um sorriso encantador. Enquanto o Douglas dançava, dei uns beijos no Heitor.

O que eu não sabia é que o Douglas não iria gostar desta história. Quando me viu aos beijos me chamou pra dançar com ele. Não podia desapontar o noivo, a festa era dele e eu fui.

Ele começou a me beijar e arrancou minha blusa, começando a chupar meus seios. Enquanto uma das meninas, a loirinha, o chupava tb.

A outra menina, ruivinha, já estava devidamente instalada na pica do Heitor, que continuava a nos olhar.

Eu e o Douglas ficamos nos beijando e ele subindo minha saia e mostrando pro Heitor. Eu desci minha boca pelo seu abdômen e fui chupá-lo ajudando a loirinha, que foi dar atenção pro Rodrigo.

Ele me vira pra ver a cena:

A sacana da ruivinha vira pra mim, me mostrando o pinto do Heitor (grande que nem o do Douglas), e dá um imenso sorriso, e, não perde tempo, começa a lamber a cabecinha.

Depois ela engole todo o pau dele, passando a língua por toda a extensão e eu querendo estar no lugar dela!

O Douglas então, me deitou no sofá e começou a me chupar. O Heitor me olha com desejo e fico mais excitada ainda, pedindo pra ele me fuder. Mas era o Douglas que me atendia!

O Rodrigo deita a loirinha na outra cama, começa a chupá-la. Nessa hora o Heitor levantou e ficou do lado chupando a ruivinha tb.

Nessa hora ela goza na boca dele, Ele levanta, ela dá mais uma lambida no pau dele e pede pra ele enfiar nela.

O Douglas me coloca de quatro no sofá, pra eu ver a cena.

Me desvencilhei e fiquei por cima dele, cavalgando e rebolando minha xaninha no pau dele, eu rebolava e o Heitor ficava olhando pra mim.

A loirinha já tinha feito o Rodrigo gozar, e veio se ajoelhar na boca do Douglas. Ele chupava com vontade a bucetinha daquela putinha.

Nisso saí de cima dele e a ruivinha tomou o meu lugar. Fiquei ao lado vendo a cena e chamei o Heitor.

Era só o que queria sentir, tudo aquilo em mim.. e ele gostoso do jeito que é veio me beijando, chupando meus seios me deixando mais doida ainda.

Continuou a me beijar e colocar os dedos na minha bocetinha que nessas alturas já estava encharcada, depois ele deitou de barriga pra cima e pediu pra eu ficar por cima dele.

Subi em cima daquele gostoso e encaixei minha bocetinha que de tanto ele brincar com os dedos já tava louca pra sentir aquele pau enorme dentro de mim.

O Rodrigo veio junto e se encaixou na ruiva. Ótimo! O Douglas estava ocupado!

Não sei o que deu mais tesão, dar pro amigo gostoso do Douglas ou ver a dupla penetração da ruivinha!

A festa ainda rolou mais um tempinho e eu tive que dar toda atenção pro Douglas, mas eu iria ser recompensada no dia do casamento dele, onde tive o Heitor todinho pra mim!

Ps.: Galera, foi mal a demora. Estava de férias! Não da sacanagem...
Textos relacionados com suas imagens