segunda-feira, 29 de junho de 2009

De virada

Oie gente.


Encontrei o Bruno no sábado em uma festa junto com o Cláudio que ainda não tinha mencionado aqui, mas que é um velho conhecido.

A merda começou aí. O Cláudio começou a encrencar. Não sei se foi por causa do Bruno de quem há tempos ele tem ciúmes.

E o Bruno me conta sobre a transa dele com a Pimenta. Ele me falou ainda que a Pimenta contou que o Lúcio tava dando em cima dela por email, msn e sei lá mais o quê. Blz!

Foda-se! Não temos mesmo nenhum contrato de exclusividade!

Mas pra quem achava que o FDS já tava perdido, a Nick me liga pedindo um favor e me chamando pra assistir o jogo do Brasil.

Liguei pro Bruno mas não consegui falar com ele. Dai, fui encontrar a Nick no Shopping de Águas Claras.

Lá ela me explicou que veríamos o jogo no apartamento do professor de uma matéria que ela levou pau e que eu o conhecia. E quem é que não conhece o prof. mais gato da UCB?

Já fui me preparando porque imaginava a recuperação paralela que ia ocorrer...

Tocamos a campainha e ele atendeu com um sorriso FDP. Só quem já teve aula com ele sabe como aquela boca hipnotiza.

'Vejo que vc trouxe o trabalho extra-classe que pedi'. Só olhei pra Nick e entendi o favor que ela queria.

Percebi que não tinha mais ninguém no apto. Comecei a beijar o Sérgio, com quem eu mesma já tinha feito uma matéria. E fomos pro sofá. Suas mãos percorriam meu corpo e eu fazia o mesmo, até nos livrarmos das roupas.

Chupei ele todinho e depois me detive no seu cacete gostoso. Lambia e perguntava se ele me aprovaria.

Nisso vi num cantinho a Nick com os olhos brilhando. Perguntei no ouvido dele se ele não a reprovaria por falta de participação na aula.

Coloquei o dela na reta!

Ele a chamou, e ela deixou que o Sérgio e eu tirássemos sua roupa.

Ela ficou sentada na parte mais alta do sofá, sendo chupada e tocada na buceta enquanto eu continuava a chupá-lo.

Então coloquei uma camisinha nele e fiz com que ele me penetrasse, enquanto ele continuava dando o trato na Nick.

Caralho! Eu gozei ouvindo os gemidos da Nick gozando com a chupada dele.

Ele então envolveu a Nick nos seus braços, atirou-a no chão dando estocadas nela.

Nesta altura do campeonato o Brasil perdia de 2x0.

Eu fui tomar um banho e deixei os dois conversando. Depois os 2 foram tomar banho enquanto o Brasil começava a reagir e acabou virando pra 2x3! Brasil CAMPEÃO.

Antes do jogo acabar, ainda deu tempo de mais uma transa que garantiu a nota da Nick e a promessa de que eu voltaria a pegar mais uma matéria com o Sérgio.

E Nick... Quando precisar desse tipo de favor, estamos sempre aí.

PS: Ao final deste texto, fico sabendo da evolução dos contatos entre Lúcio e Pimenta. A semana virou de novo... uma merda pra mim!!!

PS 2: O problema Bruno, como te expliquei por telefone, não é ciuminho, não! É a falta de consideração que os 2 tiveram.

Eu perguntei pra ela no sábado o que tava rolando e ela nada de falar! Ela só me vinha com o "relaxa" dela.

E ele, no sábado, falou que estava com saudades e que sairíamos, mas o FDP foi lá encontrar com ela.

domingo, 28 de junho de 2009

Transa apimentada

Aaeeeeee moçada!

Enfim conheci a Pimenta, que vem acompanhando nosso blog.


Já tinha um tempinho que nós, eu e a Sam, estávamos trocando emails, SMS e telefonemas, mas nossos horários não estavam batendo e o primeiro encontro acabou enrolando.

Demorou mas aconteceu!

Saímos na semana passada pra nos conhecer e beber alguma coisa. A Sam já tinha saído com ela, mas eu não pude ir naquela ocasião.

E no final de nossa primeira saída, já marcamos a próxima. Que aconteceu na sexta passada [26];

Busquei-a em casa por volta das 21h. Nossa vontade era de pular um em cima do outro, mas ambos fingimos nos conter. Brinquei e sugeri irmos prum cinema. Ou ir beber ou comer alguma coisa... porra nenhuma!

Rodamos um pouquinho e paramos no motel, com fila e tudo pra entrar. Até entrar na suíte, tudo normal. Até então, só um beijo delicioso, algumas mãos bobas, na coxa e mais nada. Mas minha cabeça estava trabalhando a mil faz tempo.

Subimos a escada, breve reconhecimento da suíte e ofereci uma bebida. Claro que peguei minha companheira Smirnoff Ice. Servi 2 taças e parti pra cima dela.

Nosso tesão estava muito acumulado. E já comecei a abraçando e beijando aquela mulher no cio. E como é bom estar no controle. Ofereci a bebida pra ela direto da minha boca para que ela degustasse minha língua com a vodka adocicada. E nisso ela tirou minha camisa.

Dai, eu a deitei na cama, subi em cima dela, e calmamente comecei beijando, lambendo e mordiscando seus punhos. Fui descendo pelo antebraço direito, braço, axilas derramando a bebida sobre ela por todo o percurso enquanto ela gemia e curtia cada momento. Agora, se isso era tortura, o legal foi estar sempre de olho nela quando fui para o outro braço.

Tirei sua blusinha e continuei com meu banho de gato regado à smirnoff e muita malícia. Percorri sua barriguinha, seu colo, seus seios, pescoço.

Passei a cuidar dos seus pés, enquanto removia seu salto. Nessa altura, coloquei-a de pé. Ela quase se desequilibrou... Fomos para o sofazinho e continuei com seu tratamento VIP.

Hora de tirar sua jeans. Voltamos para cama e fui chupá-la porque eu queria sentir seu cheiro e seu gosto. Acho que eu estava até mais tarado do que ela. Na verdade eu ainda não tinha dado chance à ela de fazer qualquer coisa. Ela só curtia meus carinhos e caprichos e eu adorei deixá-la sem controle.

Tirei sua mini tanguinha branca, e fui bebendo ice direto de sua barriga, coxas, virilha e buceta. Ela gemia, se contorcia e eu ficava cada vez mais tarado com essa chupação toda.

PEquena pausa após passar minha boca por todo seu corpo e nós queríamos mais, claro.

Vez da Pimenta acabar de tirar minha roupa. Logo fui despido e ela mandou que eu me deitasse. Huummm. Interessante.

Deitei e ganhei uma chupada de primeira. Uma boca quente, molhada e macia era tudo que eu precisava naquela hora. E melhor ainda, se é uma boca competente. Ela queria me fazer gozar e eu tentando me controlar feito um louco. O que foi foda!

Quase tive que sair correndo pra não gozar em sua boca. E essa disputa de controle vs tesão foi muito gostosa. E gozando ou não, ambos estaríamos ganhando, mas ganhei essa guerrinha... por enquanto.

Blz. Após tantas preliminares de qualidade, me levantei, peguei um preservativo pra rolar a foda em si.

E ae a dona me sacaneia e me puxa prum papai-mamãe. Putz!

500 milhões de posições pra escolher e fomos pro basicão? hehehe. Blz!

Meti devagar. Mas uma vez dentro dela, a história foi outra. Mudei intensidade e velocidade ainda por cima dela. Como essa posição me incomoda um pouco, mudei a posição da perna, pra permitir uma penetração mais profunda.

Só que não tive tempo pra curtir muito. Mudamos pra ela ficar por cima de mim e ela passou a controlar os movimentos. Legal que fui aprendendo seus gostos. Ela passou a rebolar em círculos e eu me amarrava em nossa química.

Rodamos a cama inteira. Mudamos de posição sempre que deu na telha e nos curtimos por um tempão até que estávamos tão cansados e suados que precisávamos de um banho pra nos recompor. Eu ainda não havia gozado e nem estava preocupado com isso.

Fomos pro chuveiro tomar uma ducha juntos.

A água quente em nossos corpos nos revigorava. Conversamos um pouco e voltamos pra cama. Até porque, ainda tínhamos o que fazer.

A Pimenta me fez uma excelente massagem nas costas com óleo e tudo. A FDP até ficou rondando meu rabo. Essa tara pelo fio-terra é uma comédia.

Mas adorei ser bem cuidado. Tinha comentado que estava com algumas dores no corpo e ela soube me deixar mais leve quanto a isso.

E essa brincadeira de passar óleo, mão boba, caras e bocas me deixou com um puta tesão... Fui passando o dedo no seu cuzinho, que não fez resistência. Ao contrário, recebi forte suspiro como que um convite.

O óleo ajudava, e meu dedo sumiu dentro dela. Passei a remexer meu dedo no vai-e-vem e depois o rodando um pouco. Seu rebolado me ajudava e me dava cada vez mais tesão.

Dai, introduzi um segundo dedo para deixá-la pronta pra mim. Até porque, não se enganem. Sexo anal não é algo exatamente trivial.

Inclusive, já estou fechando um texto sobre sexo anal.

Enfim, posição de 4 básica, fui mandando ver. Só que não foi tão fácil assim e tivemos que parar um pouco e recomeçar em outra posição.

A Pimenta preferiu sentar em cima de mim, e por mais engraçado que se possa imaginar, tudo começava bem, mas meu pau saia se eu mexesse a perna que estava em baixo dela, pode? Sexo e bom-humor são a minha cara, mas ai já tava demais.

Tive que ficar quase imóvel e deixá-la trabalhar. E somente após meu pau entrar mais da metade pude relaxar um pouco. Após estar totalmente dentro dela e alguns segundos passados pude me mexer. Bem lentamente de início até pelo tanto de óleo, mas ao notar que já estava tudo certo perguntei quem "comandaria".

Ela me olhou e disse: VOCÊ! Excelente.

Eu a segurei pelos quadris com firmeza e comecei a movimentá-la pra frente e pras trás imprimindo um ritmo rápido e forte. E como o ângulo da penetração não me permitia enfiar tudo pude usar certo vigor nos movimentos.

E com o tesão no máximo mudamos de posição. Ela ficou deitada de lado, com as pernas entreabertas e eu fui por cima dela e voltei a meter em sua bunda.

Voltei e bombar por trás, segurando sua bunda e alternava entre movimentos fortes e rápidos com mexidas compassadas indo até o fundo até quase tirar o pau de dentro dela.

Nessa de ir mais devagar na penetração profunda, ela solta uma frase do tipo: "Hummm. Vc mandou direiro."

E isso me deixou maluco. Como é bom saber se vc agrada sua parceira!

Pouco depois nos deitamos e eu já não aguentava mais segurar minha ejaculação. Tava foda mesmo.

A Pimenta me pede para gozar em cima dela. E porque não?

Gozei e gritei pro motel inteiro ouvir. Foda de qualidade merece total entrega. E posso garantir que nossa transa foi excelente.

Caralho. Já estou até ficando com tesão só de escrever....

Enfim, deixei-a em casa pouco depois da 1 da madruga. Ter escolhido o motel foi essencial para nossa entrega.

Não vejo a hora de ler os comentários dela. Huuumm. Na verdade melhor seria se ela me sussurasse isso no ouvido.

Não vejo a hora do próximo encontro.

Melhor. Não vejo a hora de evoluir nossa foda!

Bjo especial pra vc minha querida Pimenta.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Mantendo a coerência

Olá

Sou um ser humano como outro qualquer... Vcs já me viram curtir ótimas putarias assim como me dar mal em outras situações.

De certa forma, aki eu falo de mim, minhas preferências e fantasias. Minhas regras e manias.

Só que nesse momento, que não anda muito bom pra mim, tenho que dobrar minha atenção, pois acho que me salvei de pegar uma dona que muito prometia, mas que o tempo e a paciência me fizeram ver que o planejamento é sim importante para minhas escolhas.

Até porque, de vez em quando, faço merda. E quem não faz?

Ir pra cama com alguém é fácil. Meter gostoso e gozar feito louco, também.

Mas considero de suma importância ter alguém pra trocar idéias e curtir cada instante. Mais até do que o sexo por si só.

Uma pena. Realmente, essa eu vou lamentar não ter pego!

Vou aproveitar e tirar uns dias sem putarias pra pensar na pisada de bola que quase fiz...

Até.

Psico 7

Um grupo de metereologistas garante que irá chover forte ainda antes do início de um amistoso de futebol.


Observando atentamente a imagem abaixo, na sua opinião, está chovendo?

a) Sim, é claro.
b) Sim, mas parece que estão jogando água pra cima só pra fotografia
c) Hum... Eu não tenho certeza.
d) Chovendo? Onde?

quarta-feira, 24 de junho de 2009

No carro

Oie gente


Encontrei o Douglas no msn, ele falou que eu estava sumida e tals, marcamos, só que depois ele viu que tinha um compromisso (malditos compromissos) e não ia dar pra ter o encontro.

Blz, fui pro trabalho, sem pensar em encontro. Só que lá pras tantas, ele me liga. Dizendo que tava chegando pra me encontrar. PQP! Nem tava do jeito que eu queria, pra sair com ele.

Quando ele parou o carro, eu já esperava por ele. Entrei no carro e ele perguntou pra onde íamos.

Detalhe: No msn, já tinha dito que queria sexo dentro do carro. Em qualquer estacionamento. E o estacionamento do local onde trabalho é o que há.

Ele estacionou grudado no muro de modo que não haveria visibilidade pra dentro do carro.

Beijei logo aquela boca, perguntando pq ele tinha sumido. Me fazendo de saudosa, qdo na verdade não tava nem aí. Queria testar meu poder de sedução (que anda uma porcaria ultimamente), foi só falar que queria tê-lo no carro e lá estava.

Passamos pro banco de trás, nos livramos das roupas, aliás quase todas... Experimentei o estilo da Nick, e falei que ia colocar a calcinha de lado.

Aliás, renda sobre a pele nesta situação, já tinha lido que era bom, mas senti na pele.

Ele ficou sobre mim, mas não era isso que eu queria. Fui pro colo dele. Rebolava alternando movimentos, deixando o Douglas maluquinho.

Depois ele me pediu pra ficar de costas pra ele. Caralho, adivinhou meu pensamento. Segurava no banco da frente e rebolava enquando ele massageava meu clitóris, umedecendo com o dedo.

Aumentava e diminuia o ritmo ao meu bel prazer, deixando-o extasiado, fazendo-o gozar.

O foda é que na hora meu pensamento ia longe, tava pensando no Lúcio, era com ele que eu queria estar.

Mas como o tempo dele é escasso e ele só me tira...

Me despedi do Douglas que queria continuar conversando, mas a causa do meu tesão estava em outro lugar.

Bjos

terça-feira, 23 de junho de 2009

Pé esquerdo

Tá tudo uma merda!

Problemas e mais problemas. Aliás, nem vou me prolongar aki.

A melhor coisa que poderia acontecer agora seria eu dar uma longa sumida. Talvez com direito a praia, sol, vodka, 2 ruivas e muito sexo oral.

Enfim, nada como um dia após o outro!

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Rapidinha

Aê Galera, estou atrasada com alguns posts, mas é por conta da correria na empresa.


Sai com o Lúcio, apesar dos compromissos que ele tinha. Tentei remarcar, mas ele foi categórico e confirmou que nos veríamos na terça (16).

Beleza! Gostei disto nele, decidido o rapaz.

Já estava com saudade mesmo e o que ele sempre me provoca: Tesão!

Fui encontrá-lo com um vestidinho preto, sem nada por baixo. O ruim das rapidinhas é isso, você não se apega à detalhes...

Ele só percebeu isto na porta do motel Flash. Foda, pq queria ter dado uns pegas nele ainda dentro do carro. Detalhe, foi que eu me atrasei, também. PQP!

Ele estava muito gato. Barba feita, perfumado, um tesão. Não perdemos tempo nas roupas. Aliás, se ele quisesse nem perder mais tempo era só levantar o vestido.

Eu ainda estava por cima dele, beijando-o, quando ele me disse que naquele dia eu era a prioridade. Com o tempo que nós tínhamos, impossível!

Com a língua quente e molhada, o Lúcio começou a me chupar gostoso. PQP! Ele chupa deliciosamente!

Minha excitação com ele vai a 1000, mas eu o queria dentro de mim. A prioridade era minha, mas ele não me atendeu prontamente. Porra, Lúcio. Acho que da próxima vez vou te acorrentar!

Ele veio pra cima de mim (deve ter lembrado que tava atrasado, rs) e seus movimentos me enlouqueciam! Foi uma delícia sentir ele gozar... Ainda ficamos um tempinho na cama até ele correr pro banho e eu tomar uma ducha logo após.

A conta demorou uma eternidade pra chegar e esperando por ela, comecei a chupá-lo. Devia tê-lo arrastado pra cama de novo...

Fodam-se os compromissos, mas o bom senso falou mais alto!

A agenda dele é bem mais cheia do que a minha, mas vou ver se consigo agendar um novo compromisso em tal agenda.

Beijos!

K.A.F.

Opa.

Continuando o texto anterior...

Alguns contratempos ocorreram e meu planejamento pro domingão furou um pouco. Na verdade, foi muito.

Mas uma coisa bem interessante aconteceu quase no fim do dia.

Passei num supermercado para comprar minhas Smirnoff Ice. Peguei ainda algumas besteiras e tal. E fui pra fila.

Não tinha muita gente, até pelo horário, mas vi no final da fila uma pessoa especial pra mim. A K.A.F.! Estou abreviando seu nome, e quem sabe eu volte a falar dela.

A K.A.F. é uma pessos importante pra mim. Ela foi a primeira mulher a me amarrar na cama. Também foi a primeira a me dar ordens! Mas ela foi tão doce e suave que nossa única noite me marcou demais.

Aliás, ela detem a 3ª melhor trepada da minha vida!

Já tem um tempo que não nos vemos. Tempo demais. Nem sei se ela se recorda de mim ou de nossa noite.

Mas isso não me importa. Vez por outra eu digito o nome dela no google e no orkut, sem maiores resultados. Já pensei que ela talvez possa ter se casado e mudado o nome, mas nunca dei um passo mais sério para achá-la.

Inclusive eu não tenho como ter certeza se é ela mesmo. Mas só a leve possibilidade me fez ter boas lembranças.

Ela estava bem acompanhada com um cara boa pinta até. Quase fui falar com ela, mas não era exatamente a melhor hora, claro.

Não havia alianças. Em nenhuma mão. Disso tenho certeza. Mas rolava uma química entre os dois. Namorados ou noivos, sei lá.

Sei que os toques entre eles não eram nada inocentes, apesar de que uma pessoa comum não conseguiria notar o desejo deles.

Resolvi seguí-los, pois se ela não tivesse mudado de endereço eles adotariam um certo caminho e eu poderia localizá-la depois.

Paguei as compras e corri pro meu carro. Fiquei esperando sua saída, o que não demorou.

Segui seu carro. O casal conversa e num sinal vermelho se beijaram na boca e eu fiquei com tesão e com ciúmes. Caralho. Eu tava ficando sem controle. O carro voltou a andar e eu continuei atrás. Parecia até essas paradas de detetive particular, pode?

Só que o caminho que o cidadão tomou não foi na direção que eu esperava. Os antigos endereços dela (que eu conhecia) eram pro lado oposto do que eles tomaram.

Minha paranóia foi tão grande que anotei data, horário, detalhes, placa do carro, etc...

Putz! Nem estava me reconhecendo. E uns 8 km depois eu vi a merda que estava fazendo, parei de seguí-los e voltei ao meu destino pra casa.

Mas se alguém aki, tiver contatos no detran e puder me dar maiores detalhes sobre o veículo (endereço!) eu agradeço demais!

Em tempo, se for ela mesmo, ela continua linda e com um olhar que eu gosto. Um misto de mulher fatal de personalidade forte com uma doce colegial...

Claro que pode ser tudo fruto da minha imaginação e eu estar completamente errado...

Mas essas fantasias são ótimas, não?

domingo, 21 de junho de 2009

Melhor que a despedida...

Salve.

Acabei não indo à despedida...

Mas, ainda pouco, por telefone, fiquei sabendo que a festa foi excelente e com boas putarias.

O noivo não bebeu, mas curtiu bastante com sua companhia. De fato, ele quase se atrasou.

A garçonetes foram satisfatórias. Nada comparado à São Paulo, mas enfim... Inclusive vi um comentário de uma candidata para tal. Quem sabe?

No mais, eu tive outros compromissos e tive que ir noutra... her... confraternização. Nada sexual inclusive. Legal pelas pessoas mas furou me planejamento.

Enfim, a única coisa boa que me aconteceu hoje, vou relatar daki a pouco e se der posto ainda hoje; senão, amanhã.

Boa semana à todos!

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Churrasco apimentado

Finalmente, na quarta dia 10, tive o prazer de conhecer a Pimenta.


Almoçamos no Picanhas do Sul, na 302 Norte. E devo dizer que pimentas são altamente apreciáveis.

Conversamos diversas putarias. Precisava saber as reações da Pimenta sobre o assunto lançado no texto Apostas.

Ela sabe se esquivar bem. Quis saber do Lúcio e eu fiquei sem saber as reais intenções dela.

O que pude perceber é que as atenções dela estão direcionadas pra outra pessoa.

Ótimo, porque pra falar a verdade, eu quero curtir, sozinha, o Lúcio. Ao menos por enquanto!

Beijos!

Organizando uma Despedida de Solteiro

Ae pessoas

Lembram que eu falei que fui convidado à organizar uma Despedida de Solteiro?


Aceitei com grande satisfação, claro. As idéias começaram a pipocar na mesma hora.

Inclusive, é por estar tão enrolado com os preparativos e acertos deste evento que estou quase que totalmente sem tempo livre. Todo minutinho que sobra, se é que sobra alguma coisa, eu acabo dedicando as tarefas que ainda tem quaisquer pendências.

A tal festinha deveria ser tranquila e sem sexo - por exigência do noivo! Vou pensar no assunto. Deixa comigo, hehehe.

Juntei com as 4 pessoas que decidiriam alguns detalhes envolvendo custos e preferências. Eu escolhi que seria espécie de bar. Só que bem mais animado.

Um dos caras da $$$ me cedeu um espaço no SOF Sul (próximo à boate GLS Blue Space). Ótimo. O lugar sempre dá algum trabalho. R$ 0,00.

Contratei 2 diarista pra dar uma super faxina na loja. R$ 100,00 (as duas).

Decoração, balões e outros adereços é o caralho. Deixei tudo somente limpo e pronto, até porque o local só foi efetivamente liberado na terça, e somente ontem estava 100 limpo e à minha disposição. R$ 0,00.

Já tinha reservado o chopp na famosa "fábrica" (Stadt Bier) no SIG. Eles alugam o chopp e pela nossa quantidade eles emprestam o vasilhame e a máquina, o que diminui nos custos. Ainda compramos numa distribuidora whisky, vodka, tequila e alguns refrigerantes. Total de R$ 320,00. Sabendo que se for necessário mais, a galera faz a vaquinha e sai pra comprar na hora.

Comprei também pães, patê, queijos, e uns petiscos pra servir de aperitivo e montar uma tábua de frios. Além de frutas que serviram também pras caipiroskas. Aqui gastei R$ 110,00.

Pra animar, contratamos um conhecido metido a DJ. O cara é bom e como acabei deixando essa porra pra cima da hora não pude escolher muito. O que aliás até nos economizou uma grana. Junto com o serviço, ele ainda traz mesas e caixas de som, telão, luzes, maquininha de fumaça e outros apetrechos. Bagatela de R$ 400,00.

Chamamos 2 garçons que cuidariam das bebidas, limão para caipirinha e frutas pras caipiroskas. Ainda teria uma tábua de frios e afins. R$ 70,00 a diária cada um.

...e o mais importante. Rodei algumas casas noturnas procurando indicação de algumas girltenders. Elas só precisavam ser atraentes e descoladas. Nem fazer os drinks não seria o caso, pois um dos 4 caras tem as manhas de fazer drinks e outras loucuras etílicas. Achamos 7, mas só 4 confirmaram. Combimos o figurino delas com jeans, camisetas coladas ou roupas insinuantes do gêneros por R$ 50,00 a diária pra cada uma.

Aliás, uma das donas já tinha servido tequila nas coxas. Maravilha. Melhor que isso, só se tívesse sexo! Só que eu pedi que os shots fossem servidos de maneira sexy. Elas iriam curtir também, claro.

Como a garota está em muito boa forma, instrui a gostosa que o copinho de tequila, vodka ou whisky (refri NÃO!) seria colocado entre os seios de quem fosse servir. Quem fosse beber teria que pegar o tal copo somente com a boca, sem nenhuma ajuda das mãos. O cara poderia lamber da sua barriga até o pescoço. E pro gran finale ele pegaria um pedaço de limão direto de sua boca.

Elas argumentaram que ai mereciam um cachê melhor. Perguntei qual delas topariam tal tarefas. E por R$ 100 ao invés dos 50 inicias. Todas toparam. Aproveitei estar com minha sempre companheira, a Smirnoff Ice e pedi para testar na mais gata. Ela tirou a blusa, e eu coloquei a garrafinha (pq ainda não tava com os copinhos) entre seus seios médios. Ela riu, disse que a garrafa não iria ficar lá e eu disse que como não era o copo que no teste ela poderia segurar a garrafa. Num deu pra beber direito, mas tive direito a uma lambida na barriguinha com piercing. E ainda a uma leve mordida no seu lábio inferior pra fingir que era o limão. Perfeito!

E por último, mas não menos importante. Liguei pra algumas acompanhantes para escolher uma especial para o noivo. Conversei e visitei 2 e escolhi essa última por ser muito simpática. Contei dos planos da despedida pra morena que até se empolgou com a cena. Ela estaria vestida normalmente como se ela fosse uma das girltenders e até serviria alguns shots.

O que ela teria que fazer era dar em cima do noivo descaradamente e na frente de todos. Pra que ele não tivesse como fugir. Eles deveriam sair do local e ir a um motel próximo (no caso o Fantasy motel, no SIA). R$ 80,00 por 4 horas.

Combinei que os levaria ao motel. Tipo chofer mesmo, mas somente eles dois entrariam pra curtir. Pedi uma atenção especial para o noivo para que ele pudesse realizar qualquer desejo e por qualquer tempo. Acordo feito por R$ 300,00.

Depois da transa deles, eles retornariam pro local da festa. E a partir de então ela estaria livre pra combinar qualquer coisa, com outro cidadão da festa. O noivo sendo o primeiro, tava tudo liberado.

Pedi que ela deixasse algumas amigas de prontidão para o caso de aparecer mais gente do que o previsto. Se fosse o caso, as garotas extras ficariam livre pra combinar com os caras da festa por conta delas. Ela me disse que se fosse o caso, ela encheria o lugar com garotas de tudo quanto é biotipo. Excelente.

Pra essa festinha, planejei algo de 4 a 6 horas para o noivo e 30 amigos próximos. Como não era pra ter putaria explícita, não chamei as donas pra fazer alguns strips e brincadeiras eróticas. Ao invés disso, disfarcei o presente do noivo. Claro que mais mulheres faram falta. Mas depois que a festa começar, com a promessa de mais meninas profi chegarem se necessário, não creio que vai ter qualquer problema.

De acordo com os gastos acima, considerando umas 30 pessoas, totalizei R$ 2.100,00 já deixando uma pequena reserva pra gasolina e outros extras que eventualmente aparecem. O que rateado vai dar 70 pilas por cabeça.

Pois é galera. Já tá tudo agilizado para que nesse domingo à tarde tenhamos uma curtiçãozinha inocente. Como o noivo não bebe, o cidadão estará pronto para a cerimônia fúnebre matrimonial às 21 em ponto.

Enfim. Vou nessa porque estou indo pro local pra deixar uns materiais, colocar as bebidas pra gelar, pagar as "tias" da faxina e acertar os últimos detalhes.

Se alguém precisar de algumas idéias, basta deixar comentário aki mesmo no blog.

Aos que vão no domingo, até breve.

Produtos e Serviços
Chopp do Stadt Bier
Fantasy Motel
Acompanhante para o noivo

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Psico 6

Veja a foto da Carolina Miranda, uma famosa dançarina de funk, onde ela realiza certas tarefas domésticas e responda a seguinte pergunta:


Quanto tempo vc leva para encontrar uma frigideira?

a) 3 segundos. Olha ela ai.
b) 15 segundos.
c) 1 minuto.
d) Não vejo nenhuma frigideira.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Bruno

Meu lance com o Bruno é antigo. Desses amores antigos...


Não ficamos juntos por que somos muito sacanas e um amigo em comum não aprovaria.

Mas hoje, meu bem, reserva um horário pra mim à noite. Nada de Nick, Pimenta, Cínthia e etc.

Quero colo! Esse lance de sexo por sexo, tá me pirando... Preciso conversar.

'Hoje eu preciso ouvir qualquer palavra tua! Qualquer frase exagerada que me faça sentir alegria...'

terça-feira, 16 de junho de 2009

Abuse das preliminares

Oie gente

Uma boa preliminar é sinônimo de bom sexo!


Muito se fala de preliminares e hoje todo mundo segue a receita filme pornô, na seguinte ordem: ela faz sexo oral, ele faz sexo oral, arruma-se uma posição confortável e rola uma penetração e pronto.

A maioria dos caras que eu conheço ignoram isto. Para um sexo ser bom, a pessoa tem que ser o máximo nos momentos antes dele.

Olhei alguns sites sobre o assunto e todos parecem ter receitinhas para se chegar ao orgasmo. Coloquei aqui os itens que mais se repetiam.

Comece beijando delicadamente os lábios, o pescoço, a região da orelha, utilize a língua para abrir a boca, podendo assim dar um beijo mais intenso e deixar a parceira excitada.

Após isso pode explorar as outras áreas, beije-a/o em todos os lugares. Beijos e contato corporal completo é a combinação perfeita a se usar.

Use um gelo na boca e passe nela/e devagar. E nunca subestime o poder do halls preto.

Apague as luzes. A maioria deles sempre preferem o sexo com a luz acesa, mas a dica que deixo é essa. Quando um dos sentidos está desligado, principalmente a visão, além de tornar o sexo mais excitante, os outros sentidos aumentam a sensibilidade.

Experimente mostrar seu lado selvagem correndo as unhas pelas costas dele enquanto beija o pescoço, enroscando as coxas na cintura dele ao mesmo tempo que mordisca os lábios. A pele é o maior órgão humano. Explore-o.

As mulheres gostam de estímulos manuais. E muito! Aperte, acaricie, belisque, dê tapinhas, massageie. Já havia dito que o toque é algo poderoso. Use e abuse do toque manual ao longo do corpo da mulher/do homem.

Fazer massagens, a pele tem trilhões de terminais nervosos em cada poro. Em outras palavras, saiba explorar a pele da tua/teu companheira/o.

Chupe, lamba, beije, mordisque tudo. Mais uma vez, saber explorar é algo fundamental.

Fazer sexo oral com gosto. Sem tabus ou restrições. Faça o que vc gosta e o que ele(a) adora. Tem muita gente que se satisfazem só com a boca. E como!!

Tão importante quanto a pele, o clitóris abre MUITAS pernas. Lambe, esfregue, se divirta com os clitóris.

Mesmo que ela/ele esteja com a cabeça em outro lugar, se concentre para um sexo bem feito.

Lembre-se: dar prazer para receber. Enlouqueça-a para que ela possa te enlouquecer. Concentre-se naquilo que estiver fazendo para que o sexo seja uma experiência única.

E não deixe de usar camisinha!

Depois, só relaxe e goze.

Noitada do FDS 2

Ae

...continuando o texto de ontem.


Logo no início da tarde (de domingo), a Cinthia me ligou assim que chegou em casa e viu aquele tanto de recadinhos pregado em tudo que é canto.

Já que a parte sexual tinha sido um total desastre, apelei pro lado romântico. Sim, sei que pode ter sido meio forçado... mas as mulheres adoram ser paparicadas.

Marcamos de jantar e ver um filme. Programinha light pra evitar maiores complicações. Só que eu tinha outros planos...

Jantamos e colocamos o DVD. Sentamos abraçadinhos no sofá com direito a pipoca e tudo.

Sei que em poucos minutos já estávamos nos beijando feito loucos. O que era bom demais.

Tirei sua roupa depressa, ainda que não tivesse pressa em beijar e lamber o seu corpo sempre cheiroso e perfumado.

E dessa vez, sem o cansaço pra atrapalhar.

Calcinha pro espaço, meti devagar. Nós dois precisávamos sentir a foda acontecendo. Uma vez dentro dela, dei-lhe um molhado beijo na boca, segurando sua nuca, de olhos fechados. Curtindo cada segundo.

Ficamos um tempinho assim, nos movendo lentamente. Sentindo nossos corpos...

Ai, eu ainda dentro dela, fiquei de pé, segurando a Cinthia na meu colo e levei pra cama. O sofá não seria o palco pra nossa foda.

Dai, eu a comi de todo jeito. Não faltaram posições nem disposição. Eu alternava suavidade com vigor. Movimentos lentos com outros ríspidos. Ela gozou primeiro e eu me segurando.

Mandei ver. Confesso que estive preocupado durante toda a transa. Ela não notou mas tive momentos em que eu estava prestando atenção nos movimentos e nas reações delas e nem curti 100%.

Independentemente foi excelente. Até porque, conforme nossos corpos iam se entregando eu relaxava mais. Hummm... Na verdade eu ficava mais tenso, se é que vc me entende. ;)

Suamos a beça, que é um bom indicador pra mim. Agora sim, bateu o cansaço, mas com uma ótima desculpa. Estávamos satisfeitos e quase exaustos lá pelas 4 da matina.

Desfalecemos lado a lado. E o bom de tudo é que eu adorei a noite pelo que aconteceu da forma que rolou.

E que venha logo meu próximo final de semana...

Bjo especial pra vc, Cinthia.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Desacato

Ois


O lance rolou no sábado, voltando de uma festa, no Vila Rizza, Setor de Clubes, altas horas: Blitz! IPVA atrasadérrimo. Dei sorte de ser parada.

Estava com sono e o FDP do agente, achou que eu estava bêbada.

PQP! Falei em voz alta e o cara sabia que eu não tinha falado com ele mas, já foi mandando eu sair do carro.

O cara devia ter 1,80m, moreno claro, uniforme preto. Bem gostoso o FDP!

Eu estava com uma jaqueta por cima do vestido e ele falou que precisava me revistar. Feito!

Ele começou a passar a mão desde meu tornozelo até meu pescoço. Segurou minhas mãos acima do carro enquanto se esfregava em mim. Caralho! Tava bom demais!

Depois ele me virou de costas pra ele e sua mão começou a deslizar agora sob meu vestido, até meus seios que já estavam durinhos de tanta excitação.

Fiquei de frente pra ele que desceu a mão até minha calcinha, colocou de lado (estilo o gosto da Nick) e colocou 2 dedos dentro de mim, que já estava ensopada de tanto tesão. PQP!

Roubei um beijo dele, que falava 1000 obscenidades no meu ouvido em estilo policial.

Terminada esta revista ele falou que eu teria que fazer o teste do chupômetro! Ótimo, neste teste eu me garanto.

Fomos pra dentro de uma viatura, ele sentou e eu ainda do lado de fora comecei a chupá-lo! Chupei com vontade, talvez assim ele me aliviava da multa.

Ele me puxou pra dentro. Porra! Dentro da viatura tinha camisinha, aí sentei no colo dele, rebolando muito!

Depois disso saímos do carro, ele me conduziu até meu carro, me deu o telefone dele, caso eu precisasse em outra blitz e me liberou! Sem multa nem nada!

Esta foi a melhor blitz pela qual passei!

Queria que ele chamasse reforços mas ficou p/próxima.

'Polícia para quem precisa...'

Noitadas do fds

Ae povo
 
Esse fds foi bem movimentado pra mim, mas com altos e baixos.
 
Passei as noites do meu final de semana com minha advogada, a Cinthia. Ela é bem tranquila e estar com ela sempre me faz bem.
 
Nós saímos sábado à noite. Fomos ao Café Cancun, curtimos, bebemos e começamos com uns amassos.
 
A pista de dança começou a ficar imprópria pra nós... e pouco depois vazamos.
 
Ele me chamou pra ir ao seu apto, e fomos, inclusive no seu carro.
 
Chegando lá, beijos e mais beijos cheios de maldade e desejo. Acabamos na cama, com menos roupa do que quando entramos no ap.
 
Passei a lamber todo o corpo dela. Sem pressa, como ela tanto gosta. Lambi seu seios, chupei, mordi e fiz o que quis... fui descendo a boca passando por sua barriguinha, umbigo até onde eu queria.
 
Ainda por cima da calcinha, já mordia e lambia sua xana que já estava pronta pra mim. Aliás, como é bom ter uma mulher à minha mercê.
 
Ela, que sabe bem o que gosto, começou me chupar também.
 
Só que como estava tudo perfeito, veio a merda. Não é que eu broxei?
 
Ao invés de ficar mais tarado com sua chupada, perdi todo o tesão e nada mudou o clima. PQP!
 
Mas a Cinthia, charmosa e compreensiva, ficou tranquila. Mais do que eu, diga-se de passagem. Ela se aninhou no meio peito sem falar nada.
 
Falar o que? Fazer o que?
 
Demorei a dormi, mas dormi bem demais.
 
Ela tinha compromissos para domingo cedo e me deixou lá, descansando.
 
Levantei mais tarde, e deixei uns 200 recadinhos naqueles Post-It.
 
Disse que retornaria mais tarde pra gente comer alguma coisa e que qq coisa ela me ligasse.
 
Tranquei tudo, deixei a chave com o porteiro, e fui embora. Com um gosto amargo na boca.
 
Pois é. Agora além de camisinha tenho que passar a comprar viagra.
 
Mas o domingo ainda só estava começando...

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Ah, o Amor!

Em homenagem ao Dia dos Namorados, segue um momento romântico.


Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor;
Nos corações humanos amizade;
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?

Luís de Camões

Back in business

Voltei moçada

Já estou bem melhor e pra comemorar chamei outra sumida pra sair: a Nick.


Nos encontramos e fomos rodar sem rumo. Conversamos um pouco e colocamos o papo em dia.

E entre um papinho e outro eu a abracei. Sabe aquele abraço apertado, calmo e demorado. Sem ninguém falar nada e tal.

Só que com a gente, tudo dá um tesão danado. ...e no abraço, a mão desce e aperta a cintura, a respiração se descontrola e os pensamentos vão logo pra putaria.

E fomos.

Nosso tesão falou mais alto e partimos pro fight na hora mesmo. A Nick me pareceu um pouco afobada, mas e dai?

Dei algumas ordens, ditei o ritmo, escolhi o que seria feito ou não.

Como vcs sabem, controle pra mim é tudo.

Fodi a Nick variando o ângulo de penetração, o que não é nada demais, mas ela enlouqueceu. Gritava e berrava, coisa que eu sentia falta.

Transamos por mais de uma hora. Até que eu não me aguentava mais e gozei pra caramba. Estava cansado, com as pernas dando espasmos, mas satisfeito.

Satisfeito por estar de volta, em ótimo estilo.

Se tudo der certo, conforme eu planejei, nesse fds tem mais... muito mais!

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Psico 5

Atendendo aos pedidos femininos - e até mesmo para não argumentarem qq coisa sobre machismo ou que venham com o mesmo papinho de direitos iguais - segue um teste para as damas.

Representantes do A.A. insistem em afirmar que o cidadão abaixo tem uma bebida alcólica em sua pose.


Existe uma bebida escondida nesta imagem?

a) Sim, um copo de vinho.
b) Sim, mas é apenas coca-cola.
c) Não, há somente um copo decorativo.
d) Não encontrei nenhuma bebida.

terça-feira, 9 de junho de 2009

Apostas

Ois!!!



Conversando, com o Lúcio, sobre o blog, seus integrantes e afins, ele perguntou se eu pegava a Nick.

Eu falei até que tinha essa curiosidade, mas nunca fiquei com uma mulher. Mas, que poderia rolar um 2 a 1, com ele.

A partir daí foram surgindo idéias das mais variadas!

Sei que a Nick gosta muito de assistir a uma boa transa, quem não gosta? Eu me amarro também!

Sei também, que a Pimenta pode se animar pra um lance assim...

Então, já temos 2 participantes pra um lance à três, quem se habilita???

Vamos às apostas!

Beijos

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Tesão na versão do Lúcio

Olá moçada

Tô aki, entre um compromisso e outro, e já saindo de novo.

Aliás, essa parada rapidinha é só para deixar o texto escrito pelo Lúcio, sobre a aventura dele com a Sam.

Então, lá vai.

O que eu ia escrever perdeu metade da graça, uma vez que a Sam já escreveu o texto: Explode, Tesão!. Mas o combinado era que eu escreveria primeiro.

Pra variar, sempre atarefado, só ainda pouco estou cumprindo a minha missão. Vou copiar o estilo dela. Afinal, o estilo dela é bom... e o de escrever também.

Na quarta-feira foi aquilo. Recebi a mensagem e respondi imediatamente. Nem me lembro do que eu estava fazendo. Só sei que tinha um compromisso importante, mas nem lembrei.

Fui ao seu encontro. Quando cheguei lá, Sacanagem! Não resisto a uma mulher de vestido. Dá aquela vontade de levantar o vestido.

Já fazia um tempo que não nos encontrávamos. Conversamos longamente, talvez uns 30 ou 40 segundos. Daí, já comecei a beijá-la.

Eu não ia desperdiçar aquela boca alí. Como eu já disse, fazia tempo que eu não a encontrava, e sempre tenho vontade de beijar aquela boca. E de chupar aqueles peitos.

Voltando ao vestido, imagine aqueles peitinhos durinhos quase que rasgando a blusa. Imaginou? Pois era isso que eu tinha que aguentar um tempão atrás. E nesse meio tempo, eu queria era estar com aquelas duas coisinhas na minha boca, chupando e mordiscando aqueles biquinhos.

Felizmente, depois de alguns longos anos de espera, o meu desejo estava se realizando.

...com a minha mão direita em seus seios e a minha esquerda em sua xoxota. E daí pra frente foram uns amassos muito bons.

Nisso, não tive dúvida: botei meu caralho pra fora e puxei sua cabeça de encontro com a cabeça do meu pau. Ela chupou gostoso. Deu vontade de gozar na sua boca na hora... e me arrependi depois de não ter feito, já que ela estava com compromisso e eu morrendo de tesão.

Fiquei assim até o dia seguinte!

Na quinta, voltamos a nos encontrar. Tínhamos marcado para as 13:40 e só fomos nos encontrar as 14:20... Tempo... tempo é tudo. E eu ainda estava morrendo de vontade desde ontem, quando ela me deixou na mão.

E fomos ao motel Flash.

Chegamos e começamos a nos abraçar. O abraço estava gostoso, mas eu estava é doido para meter na sua bucetinha, que ontem estava transbordando de tanto tesão.

Já estava de pau duro às 13h... que tesão louco.

E foi com esse tesão que eu comecei a chupá-la. E ficava cada vez melhor quanto mais eu chupava sua bucetinha. Ela respondia de uma maneira que eu só poderia chupá-la mais. E foi o que eu fiz. Não sei quanto tempo demorou, mas foi muito legal.

Coloquei uma camisinha e comecei a meter naquela bucetinha ensopada. E tava uma delícia: quentinha, gostosa. Meu pau correu macio lá dentro. Mudamos de posição diversas vezes. Foi quando eu a coloquei de quatro.

Ví aquele rabo que eu tinha prometido que iria comer. Mas sua bucetinha ainda estava demais... Queria meter mais. E meti com força. Mas ela fugia de mim. Achei que estava machucando, mas agora, só agora sei que era pra tê-la segurado (tá fudida da próxima vez, viu Sam?!) com mais força.

Quando fui gozar, tirei o pau de coloquei em sua boca.

Foi quando ela terminou o meu prazer em uma chupada indescritível.

Sabe o que mais???? Não teve. Ela engoliu! Só nessa aí eu quase gozei de novo!!!!

Putaquepariu!

Deitei ao seu lado e ficamos alí conversando.

Sam, falando sério: da próxima vez vamos deixar o papo de lado. Gente, mas tava bom o papo também...

E entre uma conversada e outra, a Sam sentou na minha rola. E rebolou gostoso. Muito gostoso.

É, deu saudade...

Não vejo a hora de me encontrar novamente com ela. Pagar minha dívida cobrar o que ela me deve.


Hum... parece que estou ficando pra trás na putaria.

Boa Sam e Lúcio.

Fds de raro prazer!


Pra fechar a semana com chave de ouro, participei de um workshop onde estavam sendo realizadas massagens com fins terapêuticos.

E óbvio, minha mente voou... Enquanto o massoterapeuta, deslizavam suas mãos em mim.

Pensei em realmente procurar algum local, com esse tipo de serviço, mas sendo erótica!

Sendo o massagista homem ou mulher, não importa!

Durante a tarde, música, muita música! Como há tempos não ouvia.

E a surpresa boa, o Bruno ter aparecido pra curtir o fds com uma boa bebida!

Bjos

Eae galera

Sei que dei uma sumida. Foi mal.

Mas eu tava gripadão e tive que remarcar meus "compromissos" da semana passada.

Assim, não tenho muitas novidades...

Hum... exceto que tenho ouvido boas coisas sobre o blog. Temos alguns novos leitores que estão bem interessados no assunto. Bem vindos Lúcio e Pimenta.

No mais, essa semana tem feriadão e estou planejando alguma ação pro fds.

Deixem suas sugestões nos comentários.

Até!

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Explode, tesão!

Oi gente!


Quarta
Eu ainda transpirava tesão por todos os poros. O Lúcio me deixou assim.

Passei uma mensagem de celular pra ele, perguntando se havia alguma probabilidade de vê-lo antes da quinta, dia para o qual marcamos de nos ver.

'Todas' foi a resposta dele. Perguntei onde ele estava e ele respondeu que estava próximo ao Iate clube, mas que em 15 minutos estaria aqui.

Caralho! Do Iate pra Taguá em 15 minutos? Eu ri e disse que ele não precisava voar! E realmente em 15 minutos ele estava aqui.

O tesão era recíproco.

Assim que ele chegou, estacionou ao meu lado e eu passei pro carro dele.

Estava doida pra beijar aquela boca, mas conversamos um pouco ainda. PQP, tava difícil segurar, mas eu sempre me contenho (uma droga isso).

Quase repetimos o que escrevi na terça, pois ele carrega um smartphone que estava conectado no blog, só que eu já estava atrasada pro serviço. Nada que atrapalhasse uma bela chupada no seu cacete e suas mãos de me invadirem. Bela e gostosa invasão.

Conversamos um pouco sobre o que faríamos na quinta e ele já me deixou de sobreaviso: ia comer meu cuzinho, pq eu tinha rebolado gostoso no dedo dele!

A maioria das minhas putarias, tem o dedo do Bruno (vcs nem imaginam onde), então encontrei com ele e conversamos diversas putarias e ele sempre diz: "não faça nada que vc não se sinta bem em fazer". Além de recomendar sempre o uso da camisinha.

Gostei do tom que ele usou comigo!

Quinta
Como essa quinta demorou a chegar...

Encontrei o Lúcio e fomos direto pro motel Flash. Já tava cansada dessas rapidinhas!

Ele começou a desabotoar minha blusa e eu terminei. Tão cavalheiro o moço, foi pendurar minha blusa pra não amassar. Rs e ponto pra ele.

Peguei um halls preto na bolsa e ele falou:
"- Halls preto é sacanagem!"

E foi... Fizemos um 69 básico e depois ele continuou a me chupar. PQP, ele me levava à loucura. A sensação do halls...

Que boca, que língua! Putz! Fiz ele parar, queria beijá-lo, sentir meu gosto nele.

Ele voltou a me chupar, alternando seus dedos dentro de mim. Caralho, aqueles dedos deixariam qualquer ginecologista no chinelo!!!

Eu delirava! E rebolava feito louca!

Fiquei de 4 pra ele e ele ainda dizia que eu fugia dele. Caralho era só segurar firme! Rs

Ele enfiava fundo em mim... quando ele ia gozar eu queria em minha boca! Revejo conceitos a todo momento (metamorfose ambulante). E foi a primeira vez. E foi muito bom!

Ele tomou um banho enquanto eu descansava. Trocamos algumas ideias e rimos muito. Perguntou se eu aguentava mais uma. Ah, se ele soubesse... poderia vir mais uma, duas, três, quatro...

Fiquei por cima dele, com movimentos lentos, aumentava o ritmo, enquanto ele tirava minha concentração!

A tarde foi proveitosa e valeu o dia, mas ele sabe que me deve. E eu também fiquei devendo!

Dívidas que serão pagas em uma outra oportunidade. Ou não!

Beijos!

PS.: Texto sujeito à edição. O Lúcio disse que escreveria sobre a nossa saída, assim dei uma leve resumida!

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Psico 4

Olhe ae uma das famosas PussyCat Dolls.


Ela teima em afirmar que há na cena um poste para pole dance. Você consegue achá-lo?

a) Claro que sim. Está quase no meio da imagem.
b) Hummm... Não estaria atrás da cortina?
c) O que é pole dance?
d) Who cares?

terça-feira, 2 de junho de 2009

Que reunião, que nada!!!

Oie


Publiquei pra vcs agorinha, que o Lúcio e eu não havíamos nos encontrado hoje pq eu estava estudando e ele em reunião. Pois ele saiu da reunião e nem sabe o que foi discutido em pauta.

O moço em questão, estava em devaneios sexuais em pleno trabalho, ótimo! Pois eu fazia o mesmo aqui com meu trabalho!

Então, não aguentando mais tanta expectativa, fui ao seu encontro. Aliás não é de hoje essa atração.

Nos encontramos e quando nos vimos começamos a rir. Eu estava nervosa com a situação, mas meu desejo por ele era mais intenso. Beijei aquela boca demoradamente.

Ficamos dentro do carro, devidamente peliculado, e os amassos correram soltos. Deslizava minha mão por todo seu corpo enquanto beijava seu pescoço e boca.

Segurei seu pau e chupava e mordiscava, enquanto suas mãos passeavam dentro do meu vestido.

Pulei sobre ele, fazendo com que ele me penetrasse, acariciava seu peito, seus cabelos e o beijava, rebolando com seu pau dentro de mim.

Decidimos ir pra casa do meu amigo, que continua viajando e assim que chegamos lá, o Lúcio não se continha de tanta excitação.

Passamos pela cozinha, eu precisava beber algo e ali mesmo na bancada ele me segurou, acariciou minhas coxas enquanto eu olhava com o olhar mais sacana que eu consegui naquela hora.

Sua língua já passava nas laterais da minha buceta e clitóris. Eu já estava louca de tanto tesão e o levei pro quarto.

Eu então continuei a brincadeira, primeiro lambi sua virilha. Depois subi ao umbigo, dei mordidinhas naquela barriga. Mas ele já estava delirando, então meti a boca naquele pau gostoso.

Fiquei por cima dele até me saciar, mas o que ele queria mesmo, como ele mesmo disse era uma coisinha mais light: que eu ficasse de 4 pra ele, pedido prontamente atendido.

Ele cavalgava com perfeição e eu queria que não acabasse nunca, queria prolongar ao máximo aquele prazer.

Ficamos um tempo ainda abraçados. Depois nos despedimos!

Aguardo mais reuniões assim!

PS: Beijo Lúcio, sei que estás aguardando esta postagem!

Beijos

Expectativas

Olá pessoal!!!

Então, a licitação chegou ao fim e nada do Caio, mas no último dia desse trabalho apareceu na empresa um antigo cliente, o Lúcio, que precisava de alguns documentos referente à época em que trabalhamos juntos.

Extremamente educado, o Lúcio é um moreninho lindo, com cara de menino! Quando ele me viu abriu um sorriso lindo e conversamos um pouco e trocamos telefones.

Eu liguei pra ele primeiro.

Nossa! Ele me perguntou pelas novidades e eu disse o fato de ele ter aparecido. Ele falou para comemorarmos o reencontro e corrigiu dizendo que era o encontro já que não saímos antes e nem sei porque.

Ficamos então de marcar direitinho, hora e local do acontecimento. Nos falamos pelo telefone e ficou difícil de nos encontrarmos hoje, pois eu estava terminando um trabalho de administrativo. - Não é Nick? - E ele teria uma reunião.

Nesta conversa ele perguntou o que eu faria com ele, e eu pedi sugestões.

E falei pra ele nem perguntar que eu responderia, pois havia um leque de possibilidades. Mas que seria melhor falar pessoalmente.

Ele ficou curioso, comentei sobre o blog e que estava escrevendo sobre ele (quem me dera). E que também ia escrever sobre algo pra realizar depois. Ele não entendeu nada, mas assim que se familiarizar com o blog vai entender!

Esta semana promete!!!

Beijos

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Despedida de solteiro

Aê moçada.
 
Fui convidado a organizar uma Despedida de Solteiro de um brother meu.

 
Dai achei apropriado escrever sobre o assunto aki.
 
Dividi o tema em 2 textos. Esse aqui, dizendo o que é, pra que serve, versões e etc. E no próximo, vou contar sobre a organização de uma boa despedida.
 
PS: Desde já, até pra não ficar repetitivo, vou comentar sobre o noivo. Mas tudo é perfeitamente aplicável à noiva, bastante inverter a situação ao sexo feminino, claro!
 
Então. O que é uma Despedida de Solteiro?
 
O evento em particular é uma festa ou confraternização onde o noivo tem um tempo em separado do seu futuro esposa para uma "última" diversão como que se despedindo da solteirice.
 
Normalmente, a festa é composta pelos principais amigos e colegas mais próximos do noivo. E como toda festa, há bebida, música e boa diversão.
 
Outra parada muito comum é ter umas brincadeirasprendas e brindes, aliadas aos presentes dados pelos amigos. Aki tem variação pra caralho.
 
Mas antes de entrar na putaria, há despedidas bem lights, realizadas em salões, bares, ou mesmo em casa, sem nenhuma implicação sexual. O que irá variar o estilo da festa é o tempo, dinheiro e animação dos organizadores.
 
E a putaria?
 
Essa é a melhor parte. Hummm... Tem também a confraternização entre os amigos... Porra nenhuma! A sacanagem é a melhor parte!
 
Lembre-se que via de regra da sociedade, o casamento deveria ser encarado como uma relação monogâmica... Assim, a despedida é um pretexto para diversão de cunho sexual.
 
Rola muito de fazer a tal festinha em boates de strip-tease ou coisa mais complexa, como puterios (de classe, por favor), motéis, chacarás ou fazendas especialmente locadas para esse fim. Uma (ou algumas) dancarinas, massagistas, her... enfim, são sempre muito bem vindas.
 
Bolo gigante com uma striper dentro é algo até bem batido em filmes. Mas já vi rolar. E ninguém reclamou.
 
Agora, apesar de se ter brincadeiras de cunho sexual, não necessariamente é preciso ter sexo. Agora, se tiver, blz.
 
Importante: É imperativo que alguém seja apontado como organizador. De preferência, alguém com controle e bom senso. Se possível que este não beba em excesso durante a farra.
 
Entre suas atribuições estão:
* Arrecadar a grana com a galera;
* Escolher e reservar o local;
* Contratar buffet ou comprar bebidas, salgadinhos e afins, além de preparar o local da festinha;
* Selecionar as dançarinas, strippers ou "animadoras";
* Estabelecer limites das brincadeiras;
* Ficar de olho em excessos do pessoal com o local, bens ou pessoas (pq a bebida sempre sobe na cabeça de algum FDP);
* Realizar o acerto de contas e pagamentos de quem for o caso;
 
Claro que essa atribuição de responsabilidade pode ser compartilhada.
E lembrem-se. O principal objetivo é proporcionar ao noivo bons momentos de descontração. É pro cara se sentir O CARA. Até porque, depois que o futuro integrante do time dos casados contrai o matrimônio, tudo muda.
 
Sobre o 2º texto. Eu tenho pouco mais de 2 semanas pra organizar a despedida do meu caro amigo. Assim, espero ter um tempinho pra escrever sobre como organizar a parada.
 
E é claro que quando a putaria rolar - e vai rolar - e volto aki pra contar.

...quem me quer, mandei embora

Voltei! E as novidades não são das melhores. De novo p/ variar. Que maré de az... enfim.

Ontem fui ao niver de um amigo. Festa animada, comida boa, um pouco pesada (feijoada né), ah! gente bonita, não pode faltar, claro.

O samba rolava e a galera chegando. Alguns reencontros, amigos que já não via há algum tempo.Tava bom de mais p/ ser verdade.

Tinha um carinha azarando minha amiga e ela não tava afim dele. Ela me pediu p/ que eu não a deixasse só, meio difícil, alguns amigos roubavam minha atenção...mas tudo bem... e o chato não saia do pé dela.

A gente costuma achar que certas coisas só vão acontecer com os outros.

Lá pras tantas, o primo do chato me tirou p/ dançar. blz, dançar não tira pedaços, e tbm não é meu forte.

Mas ele mandava bem, ele disse que é o homem que tem que saber acompanhar a mulher, eu poderia dá os passos que eu quizesse que ele conseguiria me acompanhar, e conseguiu mesmo.

Acho que foi a primeira vez que consegui dançar com alguém sem pisar em seu pé.

Teria sido ótimo se ele tivesse se conformado só com a dança. O primo dele dando em cima da minha amiga, que não tava afim, e ele em cima de mim, que tbm não tava afim.

Ele resolveu me apresentar p/ sua irmã, primo e amigos...

Me levou p/ canto mais afastado do pessoal.

Me pegou pelos braços e me empurrou p/ os seus, tentou me beijar, e já vei com sua boca em direção aos meus seios...

Eu me afastei e mostrei resistência... Eu não estava afim, nem um pouco.

E ele ainda veio dizer que havia me apresentado a sua família, como se isso lhe desse o direito de ficar comigo, como se eu tivesse obrigação.

Depois começou a dizer a todos que eu era sua namorada.

Eu confesso que eu já quiz isso algumas vezes de outros, mas não daquele chato, pegajoso.

O cara ficou o resto da festa no meu pé, me convidando p/ ao Pirraça com ele, encheu o saco o resto da noite.

E a minha amiga desesperada, tentando se livrar do primo do idiota em questão.

O cara tava louco, mas infelizmente não era quem eu queria, que merda. Isso é injusto. Mas fazer o que.

É como diz a letra de uma música (bem brega, diga-se de passagem), quem eu quero não me quer, quem me quer mandei embora. E aquele, já foi tarde, quer dizer, ele não foi, eu que tive que ir, não aguentava mais.

Pra mudar de ares

Nos últimos dias nada tem dado certo pra mim.
 
Merdas acontecendo por kilos.
 
Até tenho tido sexo. Mas era quase melhor ficar sem. Sexo sem qualidade não tem a menor graça. Isso me dá vontade de matar alguém!
 
Pra mudar os ares, vou escutar Rock 'n Roll, que é sempre uma excelente pedida.
 
Adicionalmente, acho que vou fazer um monte de coisinhas menores pra dar uma relaxada. Tipo teatro, cinema e outras variações.
 
Mais tarde, se der, eu posto uma lance sobre Despedida de Solteiro.
 
Inté
Textos relacionados com suas imagens