quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Conhecendo o Swing

Saudações!

Já chegamos no natal. Como esse ano passou rápido, não? E ontem, conversando com a doce Nicole, resolvemos dar uma comemorada diferente nesse final de ano. Aliás... vc e sua parceira já escolheram o que farão de diferente esse ano?

Eu e a Nick planjemaos ir à uma casa / festa Swing. Será o presente dela (e meu também, claro). ;)

Mas observe que não escolhemos o Swing por acaso. Não é uma boa chegar de pronto nesse tipo de ambiente sem um preparo anterior, pois a maioria das casas (ou grupos) de Swing são seletos e reservados.

Sugiro então, se essa for a sua idéia para a próxima novidade, que vc converse com sua parceira e veja a reação dela. Bom lembrar que ambos devem estar a vontade com o assunto antes de seguir a diante.

Se ambos já estão decididos, ótimo! Vamos aos próximos passos, até porque entrar no mundo Swing geralmente não é algo rápido (!)...

Procurem por uma casa ou grupo Swing na sua cidade. Fácil achar no Google ou no seu jornal local.

Confiram as regras próprias do clube Swing. A maioria tem em seu site recomendações e/ou regras para os iniciantes. Elas estão lá para garantir a diversão e segurança de todos.

Em sua primeira visita usem roupas confortáveis. Um esporte fino para ele e um pretinho básico são uma excelente pedida.

Ao chegar lá, procure pelo casal anfitrião. Eles lhe mostraram o local e falarão um pouco mais sobre esse mundo fascinante!

E no mais, observe! Lembre-se de que, para acontecer qualquer coisa, ambos devem estar de acordo. Combinem algum sinal entre vcs para ir adiante ou não com algum casal.

Agora fica um alerta. O Swing é uma fantasia para uns; e um modo de vida para outros. Ele está presente para casais com uma relação saudável. Não achem que ele irá salvar uma relação desgastada! Ao contrário. O casal deve conversar bastante e estar seguro que essa aventura sexual é uma decisão dos dois.

Só assim, com a mente aberta, é possível curtir todo esse momento em sua plenitude!

Em breve, conto para vcs como foi a 'iniciação' da Nick. Isso se ela não contar primeiro...

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Visita ao ginecologista

Caros Leitores do DUPLA SACANA

Hoje quero falar sobre visita ao ginecologista (gostosão é claro).

Um belo dia eu pensei em fazer uma daquelas visitas de rotina a um desses profissionais. E o ritual para esse tipo de consulta é muito parecido com aquele que fazemos para um encontro com alguém especial.

Depois de passar pela "tortura" (depende de que vai fazer isso para vc) da depilação você já está pronta...

Já acostumada com o mesmo (médico) de sempre, eis a surpresa... o substituto.

Depois de 10 minutos daquele típico papo entre médico e paciênte, levantei-me e fui colocar aquela roupinha, nada sexy, de exame.

Me deitei e abri as pernas, sem um mínimo de pudor.

Depois de colhido o material para averigüações me levantei, coloquei minha roupa e fui embora, mas com a cabeça cheia de desculpas esfarrapadas para voltar outras vezes.

Depois de alguns dias retornei para o resultados daqueles exames, tudo ok...

Ok??? Como assim Dr., estou ainda sentido umas dores estranhas e acho que preciso ser examinada novamente.

Troque-se e deite-se (disse o Dr.). Tão logo ele começou...

Sem tirar seus olhos dos meus, introduziu seu dedo em minha vagina e perguntou se doía.

Já explodindo de tesão, respondi que sim!

Então ele segurou pelos meus quadris me colocando-os mais próximos de si. Foi quando senti que meu médico estava me fodendo!!

Chegamos a repetir esse tipo de exame algumas outras vezes... Só que em algumas vezes, a médica era eu. ;)

Coroas e Ninfetas

Resolução de ano novo: Realizando "A" fantasia

Oie gente.

Passei aqui pra falar da tara que eu tenho há tempo... Aliás, acho que eu a tenho desde sempre, hehehe!

Coisa simples, mas que me deixa arrepiada só de pensar... hummm! Eu quero muuuito ver um homem mais velho (de uns 45-48 anos, pelo menos) ficando com uma ninfeta (de até uns 18, 19 no máximo).

Essa tara, que é até relativamente simples, mexe comigo que eu nem sei explicar direito. Mas eu ainda quero muito ver a cena.

Há algumas exigências. Talvez por isso fique mais dificíl a realização dessa tara.

O homem: não pode ser magro, nem do tipo "bombado". Tem que ter aquela cara de ordinário.

A mulher: pode até ter cara de santinha, mas tem que ser muito ordinária. Loira, baixinha do tipo mignon.

E se tiver dois coroas pegando a ninfeta, mais gostoso ainda.

Orgasmo

Muitas mulheres perdem a oportunidade de experimentar opções diversas de prazer pelo simples desconhecimento do corpo e da própria mente.

Além é claro, dos tabus em que se acorrentam. Não há limites para a satisfação dessa incrível engenharia que é o corpo humano.

Não é meu objetivo dar fórmulas para que as mulhere descubram o "tal" ponto G, mas dizer que há pontos e pontos (G).

Parece complicado? Simples também não é.

Mas o que quero dizer é: a penetração ou masturbação não é condição sine qua non para que se atinja o orgasmo. É possível que "se chegue lá" apenas com trocas de olhares.

Impossível? Nunca!

Isso às vezes acontece naquela troca de olhares, que já está mexendo com suas estruturas e está fazendo seu corpo responder sem a necessidade de um simples toque... mas precisa ser trabalhado. É necessário ter paciêcia.

E quem não conhece a expressão comer com os olhos? É por aí... Claro que outros artifícios fazem parte do jogo e isso não é novidade. Estou falando dos outros sentidos, a visão é apenas um deles. É lógico que o tato é o que parece protagonizar, eis o problema. Não deve haver um protagonista entre os cinco sentidos, mas a conciliação de todos.

Não estou afirmando que indo direto ao toque não se chegue lá. Mas experimente tentar chegar ao orgasmo apenas sentindo o cheiro da pessoa e/ou ouvindo sua voz sussurrando ao pé do seu ouvido... E lá pras tantas, quando finalmente acontecer a penetração, ai você já estará no seu segundo ou terceiro orgasmo.

No entanto, tudo isso muito mais fácil quando se está apaixonada. Mas acredite, isso não é privilégios de "pombinhos". Experimente ficar sozinha, ouvindo aquela música e tente se lembrar daquela voz e daquele cheiro!!! Tudo isso em um dia frio (ou quente - depende de sua preferência)... Feche seus olhos, "relaxa e goza" (e nem estou falando de se masturbar).

Esse é o que eu chamo orgasmo da alma. Esse somente uns poucos (privilegiados) já experimentaram.

O desafio agora é VOCÊ tentar!

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Sempre alerta

Eae galera

Tava aqui pensando numa putaria e lembrei de uma 'dona' que tava MA-RA-VI-LHO-SA na hora da foda! E tudo por conta de uma linda lingerie.

E não se engane. Lingerie, de simples, num tem nada...

Não sei quanto a vocês, mas eu sigo a máxima de que sempre devemos estar prontos para o sexo. Assim, nada de cueca velha, calcinha furada, nem roupa íntima bege!!!!

Claro que não dá pra planejar a maioria das transas, mas nem por isso vamos esculachar e usar aquela velha samba-canção por baixo da roupa social (?) só porque o pano é confortával. Porra nenhuma!

Mas e ae? O que usar num dia normal e estar pronto pro 'vamos ver'?

Pra quem não sabe por onde começar, começe pelo básico. Roupa íntima branca ou preta com poucos detalhes. E evite exageros - pelos menos por hora.

As opções básicas que não podem faltar, para os HOMENS, são:
Cuecas sem estampa, cuecas boxe (C&A, Riachuelo e similares, NÃO!), sungão, pijama e camisetas sem manga.

As peças básicas que não podem faltar, para as MULHERES, são:
Calcinha básica, tanga, shortinho, sutiã meia-taça, meia calça, baby-doll, camisola curta.

Claro, que qualquer desses itens tem zilhões de variações. Mas calma. Em breve mostrarei onde comprar algumas peças de qualidade e bom-gosto!

Só lembrando. Essas peças básicas são para o uso cotidiano e que podem ser apresentáveis se algo inesperado ocorrer. Óbvio que ocasiões especiais precisam de material especial. Primeira transa (qdo planejada), festinhas (!), bacanais (!!), lua-de-mel, fantasias ou taras; todas devem ser tratadas de forma diferenciada e exigem algo mais original.

Outra, a roupa íntima serve, dentre outras coisas, para aumentar o tesão (quem não curte um strip?). Tipicamente a visão e o tato são os sentidos chave aqui. Rendas, transparências, couro, veludo, seda, latex e outras texturas e tecidos são muito bem vindos...

Fiquem de olho.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Pornô na net

Eae moçada?

Atualmente é muito fácil ter acesso a toneladas de gigabytes na internet. E peneirando, achamos verdadeiras preciosidades... e até de graça!

E material pornô é o conteúdo campeão de volume na web. Achar uma foto pornô não demora mais do que alguns segundos no google. Mas e os vídeos? Será que realmente dá pra achar algo no mínimo interessante? E gratuito??

É claro que sim!!! E pra facilitar, já indico de cara o PornHub.com. Esse aqui é parecido com o YouTube.com só que de putaria. Com grande quantidade de vídeo, aqui não tem como não errar.

E pra apimentar as coisas, indico o seguinte aperitivo (cuidado ao abrir)!

Boa diversão

PS: Não abra esse site no trabalho... Só se vc for o chefe!

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Motéis

Olá a todos.

Hj vou falar sobre motéis. Gosto de curtir o que a situação me dá, e nem sempre é o caso de ir a um motél, até porque eventualmente acontece algo inusitado ou diferente - que pede outros tipos de locais - ou simplesmente não é esse o caso. Mas é importante conhecer bem pelo menos uns 3 ou 4 motéis diferentes.

Assumindo que é esse o caso, escolher bem o motel é essencial. Sua companhia - ou companhias!! - é a primeira variável a considerar.

E pra escolher bem, vc tem que saber o que quer! Por exemplo, se vc quer filmar ou fotografar sua intimidade, então cai bem uma boa suite com 2 ou mais ambientes. Se o negócio será uma boa putaria, com direito a fantasias e gritos, um quarto maior ou um motel mais reservado por ser o mais apropriado.

Isso sem contar algo mais específico que peça detalhes específicos. Para o swing, ter estacionamento extra, 2 banheiros ou mesmo um apto duplex pode contar pontos! Já uma festinha (de qualquer tipo) deveria ser solicitado (e não comunicado) à gerência (ou portaria) do estabelecimento - e de preferência, com alguma antecedência.

Outro detalhe que sempre considero são os opcionais. Um motel com um simples secador de cabelo no banheiro pode ser minha escolha em dada situação (quem não tira um sarro do dia da secretaria? Se voltou com cabelo molhado, pode saber...). Banheira de hidromassagem, bons petiscos (ou mesmo, refeições) e certos serviços (passar um paletó!) são sempre bem-vindos.

...e finalmente, lembre-se que normalmente se paga por hora! Vc não deve economizar nem desperdiçar qualquer $$$. Ajuste sua escolha à cada situação. Não peça a suite master para uma rapidinha, nem leve a companhia dos seus sonhos em sua primeira noite juntos num motel de 2ª (??) por estar com pouca grana.

Tenha em mente que uma boa escolha pode ser a diferença entre momentos agradáveis ou uma terrível dor de cabeça.

Boa diversão
;)

Apresentação - Nicole

Olá a todos,

Sou Nicole e estou aqui para falar de um assunto do qual (acredito eu) as pessoas adoram, no entanto, muitos não se sentem a vontade de falar sobre: SEXO, SACANAGEM, PUTARIA...

O vocabulário fica por conta das preferências ou taras sexuais de cada um. Afinal quem não conhece o efeito das palavras na hora do SEXO, TREPADA, FODA...?

E comigo, nesta "missão" vcs terão tbm a companhia do Bruno e suas experiências e taras para compartilhar com todos.

Apertem os cintos, ou melhor, tire-os.

Apresentação - Bruno

Oie pessoal.

Eu sou o Bruno. E juntamente com a Nick, estarei contando um pouco de minhas predileções, taras e experiências aqui pra vcs.

Sexualmente falando, acredito ter a mente aberta. Gosto de curtir o momento, mas ao mesmo tempo, adoro planejar alguma coisa... Curto especialmente o Swing, Ménage-à-tróis e o Voyerismo. E é claro que vou escrever sobre eles!

Espero que vcs curtam os textos.

Saudações

Boas vindas

Seja bem-vindo(a).

Estamos inaugurando o nosso blog: Dupla Sacana!

Nosso interesse é falar de sexualidade... hum... Na verdade, de sacanagem pura mesmo!

Curta esse espaço e até breve.
Textos relacionados com suas imagens